Menu
Inicio Sexo Voltar para o seu ex pode estar a causar-lhe este problema de...

Voltar para o seu ex pode estar a causar-lhe este problema de saúde

Terminar uma relação não é um processo fácil. Mais de 60% dos adultos já estiveram envolvidos em relações que ora começam ora acabam.

Terminar uma relação não é um processo fácil para nenhuma das partes. E o facto de não ficarem bem resolvidos um com o outro, ou convosco mesmos, pode levar a que retomem a relação… quiçá mais do que uma vez.

Apesar do sofrimento que uma separação causa a ambos os membros do casal, esse sofrimento é ainda mais exacerbado se continuarem juntos, mesmo sabendo que à partida as coisas podem não correr bem. Na verdade, esta repetição pode mesmo levar a problemas de saúde.

Quem o diz são os investigadores da Universidade do Missouri, nos Estados Unidos, num estudo recente. Esta investigação contou com a participação de 500 pessoas que estavam, à data do estudo, numa relação.

 

Uma relação instável e as consequências na prática

Este estudo concluiu que a sua saúde mental pode ser especialmente afetada se continua a voltar para o seu ex companheiro. Os investigadores sugerem que as pessoas que estão nesta situação devem tomar decisões que lhes permitam maior estabilidade.

Isto, porque acabar e voltar está associado a níveis de stress psicológico mais elevados, incluindo possíveis depressões e ansiedade. É ainda de salientar que os investigadores não encontraram diferenças entre os casais heterossexuais e os casais homossexuais, sendo que os efeitos são semelhantes nos dois tipos de relações.

Na verdade, mais de 60% dos adultos já estiveram envolvidos em relações que ora começam, ora acabam, e cerca de 1/3 dos casais que moram juntos afirmam ter terminado e ter reatado algum tempo mais tarde. Segundo os investigadores, este tipo de relações estão associadas a taxas de violência superiores, problemas de comunicação entre o casal e ainda níveis de compromisso inferiores.

Ainda assim, a separação pode não ser sempre má. Isto, porque, segundo Kale Monk, autor principal do estudo, “terminar a relação pode ajudar os parceiros a compreenderem a importância da sua relação, contribuindo para uma união mais saudável e com mais empenho”.

 

O que fazer para resolver o problema

É fundamental que analise a sua relação, o que pode ser um processo difícil, doloroso e até assustador, segundo afirma Douglas LaBier, psiquiatra norte-americano. Neste sentido, é essencial que se foque no ‘porquê’ de terem terminado a relação e também nos pontos positivos, se quiserem reconciliar-se.

“Assumindo, claro, que a relação não se tornou tóxica ou mesmo pouco saudável“, afirma o psiquiatra. Ainda que seja mais fácil falar do que fazer, tente abordar a sua cara-metade de forma aberta, o que gera maior probabilidade de ter uma relação sustentável e positiva.

Apesar de não ser fácil perceber se já esqueceu o seu ex-companheiro ou até se está pronta para avançar para outra relação, existem alguns sinais que a podem ajudar a perceber em que ponto está a sua vida.

Veja a galeria e descubra seis sinais de que ainda não esqueceu a sua relação anterior, segundo Georgia Henderson, psicóloga no Hospital Priry’s North, em Londres.

 


Leia Também

https://www.womenshealth.pt/sexo/habito-relacao-amorosa-saude/

Brand Story