Menu
Inicio Living Este vestido conta quantas vezes as mulheres são tocadas em discotecas

Este vestido conta quantas vezes as mulheres são tocadas em discotecas

A carregar vídeo...

Um estudo realizado no Brasil pela Organização Não Governamental (ONG) feminista Think Olga concluiu que 42% das mulheres daquele país já sofreram de assédio sexual em algum momento da sua vida. Os números tornam-se ainda mais preocupantes quando se restringe a análise apenas às discotecas. Nestes locais de diversão noturna, 86% das brasileiras afirmam ter sido vítimas de assédio.

Para ajudar a combater esta realidade, a marca de refrigerantes suíça Schweppes criou um vestido com sensores especiais, que detetam quantas vezes as mulheres são tocadas. Três brasileiras aceitaram o desafio e foram para uma discoteca, em São Paulo, com esta peça de roupa especial. No final de 3 horas e 47 minutos, os três elementos do sexo feminino foram tocados 157 vezes, mesmo depois de pedirem aos homens que não o fizessem.

Esta experiência foi filmada e mostra como os sensores do vestido reagem ao toque, enviando informação, por wi-fi, para um computador da equipa que participa na iniciativa.

As imagens recolhidas pela Schweppes serviram para fazer parte de um vídeo intitulado ‘Dress for Respect’ (‘Vestido para o Respeito’, em português). Além das imagens recolhidas na discoteca, no vídeo podem ver-se também testemunhos de brasileiras que foram vítimas deste tipo de abusos.

Brand Story