Menu
Inicio Beleza Acabe de vez com a pele oleosa

Acabe de vez com a pele oleosa

É possível prevenir e até mesmo banir o brilho excessivo e a sensação de gordura ao toque. Saiba como acabar com a pele oleosa.

pele oleosa

O brilho excessivo é o primeiro sinal de alerta – e o mais notório – de excesso de oleosidade na pele, especialmente quando afeta o rosto por um todo e não apenas a zona crítica, o chamado T da face (testa, nariz e queixo).

As causas para a pele oleosa são mais do que muitas, mas, como não poderia deixar de ser, a genética tem um papel determinante no tipo de pele de cada pessoa. Contudo, quando o tema é a oleosidade, devemos também colocar na balança fatores como a alimentação (quando é rica em sal e gorduras saturadas e trans), a poluição e ainda o uso de cosméticos desadequados (como a esfoliação excessiva), a má limpeza e higiene, o clima extremo e o stress. São fatores que, em conjunto ou separados, desequilibram a pele, irritando-a e aumentando a produção de sebo.

Quando a oleosidade não é devidamente tratada – ou, pelo menos, controlada – o risco de acne ou de dermatite seborreica aumenta.

Como evitar a pele oleosa

Salvo os casos em que a pessoa simplesmente nasce com propensão para uma pele oleosa e nada mais pode fazer do que controlar a situação, é possível prevenir e até mesmo banir o brilho excessivo e a sensação de gordura ao toque.

A boa alimentação – rica em frutas e vegetais –, a limpeza cuidada (e nunca excessiva) e o uso de cosméticos anti-oleosidade são estratégias a ter em conta, devendo a pessoa optar por cosméticos não comedogénicos e escolher ativos hidratantes. A presença de vitamina A na composição dos cosméticos é também um ponto positivo.

O uso de tónicos deve ser mais moderado, assim como o uso de séruns. O primeiro deve-se ao facto de fazer uma limpeza a fundo (o que pode irritar ainda mais a pele) e o segundo à sua alta concentração, o que poderá agravar ainda mais a oleosidade se a escolha não for a mais adequada.

Brand Story