Menu
Inicio Saúde Tudo o que precisa de saber sobre o botox

Tudo o que precisa de saber sobre o botox

Não, esta toxina não serve apenas para aumentar o volume dos seus lábios. Até a solução para a enxaqueca pode estar aqui.

botox

Versátil, eficaz e segura. Aqui reunimos tudo o que precisa de saber sobre a toxina botulínica.

A versatilidade e eficácia deve-se à sua “capacidade de bloquear a libertação de acetilcolina. Uma substância-chave na transmissão dos impulsos nervosos desde os neurónios até aos outros tecidos do corpo humano”. Confusa?

É simples: “A injeção local de toxina botulínica provoca uma diminuição temporária da atividade do órgão-alvo. Por exemplo, os músculos ou glândulas”, explica o dermatologista.

O procedimento é minimamente invasivo, com baixo risco de efeitos secundários, e é capaz de ser dos mais rápidos, pois “não requer recuperação. É por isso que é designado na literatura inglesa como lunchtime treatment (tratamento que pode ser realizado durante o intervalo para almoço)”.

Há cuidados a ter

Depende da finalidade, mas, se o objetivo é travar os sinais de envelhecimento no rosto, “existem, no entanto, alguns cuidados e precauções que devem ser cumpridos nas primeiras 3-4 h de forma a evitar possíveis complicações”.

São eles: “Não massajar ou exercer pressão na área tratada para evitar a difusão/migração do produto; não deitar ou baixar a cabeça; evitar exercícios intensos após o tratamento para diminuir o risco de hematoma; alguns estudos aconselham ‘exercitar’ os músculos faciais tratados após a aplicação da toxina botulínica. Desta forma, acelera-se o seu início de ação”.

Não vá a qualquer ‘especialista’

Como é um procedimento médico, apenas médicos devem realizá-lo. Há que considerar a “história clínica detalhada”, “análise minuciosa da área a tratar e particularidades de cada paciente”. Além disso, é fundamental “que o médico tenha um conhecimento detalhado da anatomia da área a tratar e das diversas indicações de tratamento.

Nesse sentido, antes de se submeter a um tratamento com toxina botulínica, procure um médico com formação específica e aprofundada na área”.

Brand Story