Menu
Inicio Living 5 truques para respirar melhor (em qualquer momento do dia)

5 truques para respirar melhor (em qualquer momento do dia)

“Não há respirações corretas nem incorretas”. Ao contrário do que pensamos, existem vários momentos que condicionam a forma como inspiramos e expiramos.

respirar

“Não há respirações corretas nem incorretas”. Ao contrário do que pensamos, não existe uma forma acertada de respirar, mas sim, vários momentos que condicionam a forma como inspiramos e expiramos.

De acordo com Hugo Loureiro, co-fundador do projeto PT Studio e personal trainer de pilates e de outros métodos posturas e de mobilidade articular, “há padrões respiratórios adequados ou inadequados a um esforço físico e a uma pessoa em questão”.

“Se o movimento em questão integrar harmoniosamente a respiração, há um melhor controlo e perceção do mesmo. Este será memorizado no sistema nervoso, permitindo uma progressão mais consistente para exercícios mais complexos”, explica à Women’s Health.

 

Respiração e treino

Para o também é formador de Low Pressure Fitness, tendo dado cursos em Espanha, Bélgica, e Inglaterra, “a respiração é um processo natural, que reflete a individualidade de cada pessoa, em termos de composição corporal e de características psicológicas”.

Em atividades menos exigentes fisicamente, diz, “são as mais adequadas para padrões respiratórios longos e relaxantes”.

Neste caso, “deve-se inspirar metade do que se expira. Assim aumenta a intensidade e a relação temporal entre as duas fases vai-se igualando”.

Já em atividades de grande intensidade, “a respiração é feita de acordo com as necessidades individuais. É por isso importante soprar bastante, pois o corpo entra em acidose. Ou seja, a acumulação de CO2, que acidifica o PH sanguíneo”.

Em alguns casos, conclui, ” esta situação é incontrolável e a progressão nestas atividades proporciona uma melhor tolerância orgânica”.

Siga aqui as dicas de quem mais sabe:

Ao acordar e/ou ao deitar, durante 10 a 20 minutos, faça ciclos respiratórios, cujo tempo de expiração é o dobro. Progrida de 4/8, para 6/12 e, se conseguir, até 8/16 ou 10/20.

No quotidiano, em que está parada, sem estar muito concentrada numa tarefa, faça, ao mesmo tempo, os exercícios da primeira dica. Por exemplo, TV, cinema, praia, campo, trânsito parado, comboio, autocarro, avião ou estar num terraço com vista.

Para pessoas moderadamente stressadas, ou com pouco stress, no seu dia-a-dia, usem a frase: penso, logo respiro. A partir daí, respirem durante alguns instantes, para compensar a pouca expiração que têm vindo a fazer, ao longo do dia.

Em tarefas mais desgastantes fisicamente, como andar, ou, em situação de treino, no ginásio ou ao ar livre, usem as recomendações referidas nas respostas dadas anteriormente.

Para pessoas altamente stressadas e, que num certo momento, atingem um elevado nível de stress, usem a frase: stresso, logo respiro. Por mais situações destas que ocorram, façam isso.

Brand Story