Menu
Inicio Perder Peso O truque de nutricionista para perder peso com saúde

O truque de nutricionista para perder peso com saúde

Pizza? Sim, mas com moderação.

Se remover pizza, gelado e outras iguarias doces do menu, para perder peso, lhe parece uma tarefa impossível, vai gostar desta nova abordagem ao tradicional conceito de dieta.

Amanda Baker Lemein, nutricionista, revelou à WH uma regra que acredita funcionar na perfeição: se o objetivo é perder peso, por vezes, é benéfico ceder à tentação dos hidratos de carbono e açúcar.

A especialista chama a esta abordagem a ‘two-treat rule’ (referindo-se a recompensas alimentares). A ideia é simples: para perder os quilos que pretende, deverá ter uma rotina alimentar saudável mas permitir-se ingerir duas porções controladas do seu pecado alimentar preferido, uma vez por semana.

“Inventei este conceito para conseguir explicar aos meus clientes o que significa ‘moderação’, explica a nutricionista, “muitos não têm noção do que isso representa”. Além de dar ao conceito uma imagem, Leimen acredita mesmo que é mais sustentável ingerir pontualmente estes alimentos, em vez de os eliminar por completo de forma súbita.

 

Uma abordagem realista

“É irrealista pensar que nunca mais se vai cruzar com uma pizza ou doce na vida”, explica. Adicionalmente, esta regra funciona como um fator preventivo contra a ingestão em demasia de alimentos menos saudáveis. “Se lhe disserem que nunca mais poderá comer algo que adora, esse alimento vai tornar-se ainda mais apetecível”, completa a especialista.

Se ingerir porções controladas destes alimentos uma vez por semana, enquanto tem uma rotina alimentar saudável durante o resto dos dias, esses mimos não vão estragar o resultado final do projeto #perderpeso.

Ainda assim, é preciso estar comprometida. Esta regra significa que terá de optar por apenas UMA bola de gelado ou fatia de pizza.

Comer de forma saudável nos restantes momentos será crucial. É por esse motivo que a nutricionista recomenda uma dieta alimentar baseada em vegetais, grãos integrais e proteínas magras. “Se este tipo de alimentação representar a maioria das refeições, as outras duas não vão prejudicar o resultado final”, diz.

Para ajudar no processo, Lemein recomenda não ter nenhum dos alimentos não saudáveis em casa – em vez disso, saia para os comer. Por exemplo, se for fã de gelado não o guarde no congelador, faça antes uma visita àquele sítio novo que anda para experimentar.

Este artigo foi originalmente publicado em womenshealthmag.com

Outros Artigos


Outros Conteúdos GMG

Brand Story