Menu
Inicio Perder Peso “Foi assim que perdi 65 kg em 18 meses”

“Foi assim que perdi 65 kg em 18 meses”

A vida de Marta Alcobia mudou quando uma amiga lhe ofereceu um vestido de tamanho XL e quando o experimentou, não passava do pescoço. Perdeu 65 kg.

Marta Alcobia decidiu mudar de estilo de vida aos 34 anos para dar um bom exemplo à filha, na altura com 7 anos. Dois anos depois sente que o fez, sobretudo, por ela própria e pelo seu bem-estar.

A vida de Marta Alcobia mudou no dia 16 de outubro de 2016. Uma amiga ofereceu-lhe um vestido de tamanho XL e quando o experimentou, não lhe passava do pescoço. Preocupada, decidiu pesar-se e ficou espantada ao ver a balança marcar três dígitos. Sentou-se no chão a chorar e depressa foi consolada pela filha, Beatriz: “Oh mãe, estás a chorar porquê? Não chores, és linda e um dia, quando for grande, vou ser gorda como tu”. Não quis continuar a dar um mau exemplo à filha. “Vi três dígitos na balança e não queria acreditar. Perdi 65 quilos em 18 meses”.

Marta Alcobia

“Comecei por fazer parte de grupo de Facebook que se chama Paleo Descomplicado, onde li o que devia comer e aquilo que tinha de evitar. A minha alimentação passou a ser baseada em carne, peixe, ovos, legumes e fruta, tudo aquilo que a natureza nos dá, que encontramos em qualquer parte do mundo e que é acessível”, recorda Marta Alcobia.

O facto de ter deixado de consumir açúcar, um hidrato de carbono no qual era viciada, permitiu-lhe logo emagrecer alguns quilos. “Ao pequeno-almoço como ovos, mexidos ou cozidos, e bebo café. Há dias em que como fruta porque também preciso da minha dose de açúcar”, afirma a mulher de 36 anos.

Agora

A mãe de Beatriz sente-se outra pessoa. Mais tranquila, orgulhosa e sem qualquer problema de mobilidade. “Consigo fazer muito mais coisas. Antigamente era um castigo para andar a pé, agora é tranquilo. A minha perspetiva de vida também mudou. Antes via a comida como um consolo. Hoje sei que o conforto são os amigos, os livros e a música”, sublinha Marta Alcobia. Para as mulheres que, como ela, enfrentam problemas relacionados com excesso de peso, a mulher de Almada deixa um conselho: “Têm de acreditar nelas”.

Pódio da transformação

Memória inesquecível

O momento em que a filha disse: “Quando for grande vou ser gorda como tu.”

Objetivos futuros

Tonificar o corpo.

Treino e música

”Adoro fazer fit boxe e costumo ouvir hip-hop. Este tipo de música motiva-me pela mensagem”.

https://www.instagram.com/p/Bre51e_HRc7/

 


Leia também

Como o zumba serviu de trampolim para perder 30 kg

 

 

 

Brand Story