Menu
Inicio Uncategorized Tom sobre tom

Tom sobre tom

Inês Santos Alves
Tom sobre tom

Monocromático. Look total. Tom sobre tom. Não é exatamente novo e julgo eu nunca será antiquado. Investir num look integral de uma só cor foi, no entanto, a escolha de vários designers para a próxima estação – acho que, mais uma vez, pela praticidade da ‘coisa’ e pela estética visual elegante, limpa e até tranquila que transmite.

Portanto a ideia é não pensar em combinados – embora os combinados também funcionem (com flores e padrões em total mix, sim, vai estar IN; os opostos atraem-se e os extremos costumam encontrar-se na sua ambiguidade, não é sempre assim na vida? Pois na moda também!). Ou seja, vamos assistir a duas escolhas: misturar sem fim e limpar a ‘casa’ (leia-se: armário). A escolha é vossa. Mas na minha estética ‘arrumadinha’ e pouco eufórica, prefiro optar pelo tom sobre tom: vestir integralmente de uma só cor. Parecendo fácil, nem sempre é. É preciso misturar materiais e cortes de forma mais ou menos sofisticada para não sair um look aborrecido. Ao mesmo tempo, é a resposta perfeita para aquele chavão caótico que nos assome de vez em quando: tanta roupa e nada para vestir! Socorroooo!

E agora, resta saber: mas afinal em que cores devemos exatamente apostar? Não há uma resposta acertada porque, again, a moda é cíclica, a vida é absolutamente mutável, cada pessoa é uma pessoa, não partilhamos todos os mesmos gostos mas (há sempre um mas) posso adiantar-vos duas coisas: o AZUL vai ser a cor do ano e portanto é um desafio (giro) tentarmos um look monocromático na cor do céu sem sair a parecer uma estrelinha cintilante cafona (a ganga vai ajudar a muitas combinações e a época solar dará aquele boost extra para nos sentirmos melhor na pele do azul).

E o rosa. Vários tons de rosa. Todos os tons de rosa; combinados, baralhados. Acrescentar neles uma dose de branco, de amarelo ou verde vai ajudar a cortar aquela ideia de Barbie que não queremos passar (CLARO que não queremos passar!). Tentem o verde (mais seco que esmeralda).

Mantenham o branco. Deixem ficar o laranja. Pensem em dar uma chance ao amarelo. Do preto não vou falar. É eternamente elegante, e é uma escolha sempre acertada. Deixo-vos alguns exemplos abaixo.

 

 

Por

Inês Santos Alves,

Instagram @ ineslisboncover

Brand Story