Menu
Inicio Nutrição Todas as suas dúvidas sobre o pequeno-almoço esclarecidas

Todas as suas dúvidas sobre o pequeno-almoço esclarecidas

A primeira refeição do dia tem de ser bem planeada de forma a ajudar (e não comprometer) o treino.

pequeno-almoço
Pexels

Inês Rebelo, nutricionista no ginásio Bodyplace, Guimarães, esclarece algumas questões sobre a importância do pequeno-almoço.

Tenho mesmo de comer antes do meu treino matinal?

Não podemos generalizar. Há quem não sinta necessidade de comer antes do treino. Para tais casos, o nosso corpo apresenta reservas energéticas, como a gordura e o glicogénio que se encontram em diferentes órgãos do corpo e podem ser utilizados como fontes de energia durante o treino. Mas a ingestão deste tipo de alimentos deverá depender de cada pessoa e da intensidade do exercício físico. Na dúvida, fale com o seu nutricionista.

O jantar do dia anterior é relevante?

O jantar, assim como todas as refeições do dia, deverá estar adaptado a cada pessoa conforme o objetivo e o exercício físico praticado. Por exemplo, se a intensidade do exercício físico e a frequência são baixas, o jantar deve incluir alimentos mais leves e de elevada saciedade, como o caso de alimentos ricos em fibra e proteína, que irão ajudar no controlo do apetite ao acordar.

O que devo comer se acordar com muita fome?

Primeiro, é necessário entender o motivo do apetite superior ao normal. Por vezes, quando a última refeição do dia é desequilibrada em termos nutricionais, pode haver um aumento de apetite ao acordar. A falta de hidratação também poderá ser confundida com a sensação de fome e poderá influenciar no apetite, assim como a desregulação hormonal. Opte por alimentos ricos em proteína, hidratos de carbono de absorção lenta e boas fontes de gordura e evite os açúcares.

Café antes do treino: sim ou não?

A toma do café antes do treino ajuda a garantir uma ótima performance desportiva e aumento do rendimento. Este gera um aumento de ácidos gordos em circulação na corrente sanguínea, que são utilizados como fonte de energia pelos músculos.

Atenção: O pico da cafeína só acontece cerca de 30 a 60 minutos após a toma do café, permanecendo até cinco horas no organismo.

Brand Story