Menu
Inicio Running Sente a boca seca enquanto corre? Saiba porquê e o que pode...

Sente a boca seca enquanto corre? Saiba porquê e o que pode ajudar

Saiba o que pode fazer para impedir que a sua boca se transforme num deserto durante o treino.

Sente a boca seca enquanto corre? Saiba porquê e o que pode ajudar
iStock

A sensação de boca seca pode ser um grande incómodo durante um treino de corrida, daí que muitos corredores tentem mitigar os efeitos deste problema mascando pastilha ou levando água consigo durante todo o percurso.

Contudo, mais que um incómodo, a boca seca pode também estar associada a outro tipo de problemas que podem ser facilmente solucionados, segundo os especialistas entrevistados pela Runner’s World.

O que significa ter a boca seca?

Se sente a boca seca ou pegajosa enquanto corre, ou se nota a sua saliva mais espessa e viscosa durante o treino, esse é um problema associado a uma patologia oral chamada xerostomia – nome dado ao ressecamento da boca causado pela diminuição do fluxo de saliva, bastante comum nos runners.

A falta de saliva pode causar dificuldades na fala, mastigação e deglutição dos alimentos, pois a lubrificação é essencial para manter a boca hidratada, prevenindo sintomas desagradáveis como o mau hálito ou a cárie dentária.

Como acabar com a boca seca durante a corrida?

No caso do running, a boca seca está frequentemente associada à desidratação causada pelo suor, o que diminui a produção de saliva. Também a respiração pode ser um fator, por ser maioritariamente feita pela boca durante a corrida, o que contribui para o ressecamento das mucosas.

De acordo com os especialistas, o problema pode ser mitigado através da respiração controlada pelo nariz durante o treino e mantendo a hidratação ao longo do dia.

Deve certificar-se que bebe bastante água antes, durante e depois da corrida, prevenindo assim a sensação de boca seca e o crescimento bacteriano. Além disso, durante o treino, deve sempre optar por usar um spray ou gel bocal ao invés de pastilhas ou gomas açucaradas, pois estas aumentam o risco de cárie e têm efeitos de menor duração.

Ainda assim, deve ter em conta que a boca seca pode estar associada a outros fatores, tais como a toma de medicamentos, quimioterapia ou tratamentos de radiação, fumar ou usar produtos de tabaco e sofrer de doenças como diabetes, derrames ou outras patologias autoimunes. Se suspeitar que o seu ressecamento da boca é crónico, deve consultar o seu médico.

Brand Story