Menu
Inicio Perder Peso Senas saudáveis é com a Mafalda (e perdeu 20 kg)

Senas saudáveis é com a Mafalda (e perdeu 20 kg)

Conheça a história de Mafalda Sena, autora do blog Senas Saudáveis, o que a levou a querer perder peso e como decidiu mudar radicalmente de vida.

Conheça a história de Mafalda Sena, autora do blog Senas Saudáveis. O que a levou a querer perder peso? E como decidiu mudar radicalmente de vida?

Como e por que motivo começou esta transformação?

Quando somos miúdos nem tudo nos afeta e sermos gordinhos é algo que não nos preocupa. Até ao momento em que começamos a crescer, a ter os primeiros relacionamentos amorosos, a olhar-nos mais ao espelho e, nessa altura, a imagem começa a ser uma das nossas maiores preocupações. Sempre comi o mesmo que os meus irmãos (somos 5) e, no entanto, tinha mais tendência para engordar e mais vontade de comer o que não devia, às escondidas (admito).

Foi após inúmeras dietas extremas que percebi que a solução não passava por aí. Tinha efetivamente que mudar para um estilo saudável e equilibrado. As dietas radicais resultavam durante um período curto, mas, quando voltava à minha alimentação habitual, os quilos voltavam com ela. Aos 24/25 anos fui buscar forças onde nem sabia que as tinha e comecei do zero. Mudei por completo os meus hábitos, mas havia uma coisa que não me deixava avançar… eu adoro comer!

Quando percebi que tudo isto tinha que mudar, pensei que não ia conseguir, porque não ia ser capaz de deixar de comer as coisas deliciosas que me faziam tão feliz! Mas fui recriando as minhas receitas, optando sempre por ingredientes saudáveis. A par disso, inscrevi-me num ginásio novo perto de casa e com a ajuda de um PT comecei a ver resultados desde muito cedo.

Parte importante deste processo foi ter consultado um ótimo nutricionista, que me apoiou nesta transformação e me explicou a essência de uma boa alimentação e a importância da regulação hormonal. Foi desta forma que consegui juntar as condições necessárias para começar a minha jornada saudável que hoje é um estilo de vida do qual não abdico por nada!

Antes: 81 kg

Depois: 62 kg

Que momentos destaca?

Comecei esta jornada entre 2014 e 2015. Destaco o momento em que senti necessidade (após vários pedidos) de iniciar o meu projeto ao “Senasaudáveis” para motivar mais pessoas. Outro momento importante foi quando me apercebi que o exercício físico é fundamental para o meu bem-estar. Aí comecei a priorizar a hora do treino, o que fez com que acordar às 6 da manhã deixasse de ser um sacrifício; passou a fazer parte da minha rotina. Outra vitória foi ter conseguido diminuir drasticamente os níveis de colesterol, que estavam elevadíssimos.

Como se sente neste momento e quais são os seus objetivos futuros?

Sinto-me orgulhosa por ter chegado onde cheguei, com uma grande energia e força para tentar ser sempre mais e melhor. Por outro lado, saber que inspiro diariamente outras pessoas é muito gratificante. Os meus objetivos são, em primeiro lugar, ter sempre vontade de criar novas receitas e querer ser sempre melhor dia após dia.

No futuro, gostava de expandir o meu projeto e ter um espaço físico onde possa dar workshops e pôr em prática novas ideias e conceitos. Gostava também de ter o meu próprio restaurante e um livro publicado com as minhas receitas.

Quais foram as principais alterações que aplicou ao seu estilo de vida e alimentação?

Deixei de ser sedentária. Comecei por fazer caminhadas que rapidamente passaram a pequenas corridas que terminavam comigo a subir de escadas até ao 8º andar no meu prédio em vez de utilizar o elevador. Tive que abdicar de uma parte da minha mesada, que era gasta em saídas à noite ou em roupa. Só assim consegui pagar a mensalidade do ginásio. Não usava o facto de estar de férias como desculpa para não praticar exercício. A minha rotina era a mesma, estando de férias ou não.

“Hoje, penso na alimentação como uma forma de nutrir o meu corpo para viver mais saudável “.

No que diz respeito à alimentação, tive que cortar em alguns alimentos processados que consumia diariamente, como pão de forma, batatas fritas de pacote, croissants recheados, refrigerantes, molhos, fast-food… foi algo que me custou bastante no início, mas acabei por me habituar e hoje em dia já não sinto falta.

Como se manteve motivada?

Ver as alterações significativas no meu corpo fez com que quisesse ver sempre mais e mais. Por isso ainda hoje não desisto. Alimentar-me bem e fazer bem ao meu corpo com o exercício físico tornou-se uma paixão. E ter um bom profissional ao meu lado motiva bastante, porque tenho uma hora marcada e um plano delineado para mim e sigo-o onde quer que esteja. Se necessário, o meu PT adapta o plano. Se não tivesse um plano, provavelmente ficaria perdida sem saber o que fazer e acabava por desanimar.

Qual é a sua rotina habitual de treino?

Eu treino normalmente de segunda a sábado. À segunda-feira gosto de fazer body balance e cardio (RPM); de terça a sexta faço treinos de musculação e funcionais. Num desses dias tenho um treino presencial com o meu treinador; habitualmente mais no funcional, onde sou levada ao limite (sozinha não conseguia com tanto êxito).

Ao sábado gosto de fazer yoga para terminar a semana bem alongada. Se chegar ao fim de semana sem ter treinado algum dia e a sentir-me pouco cansada ao domingo gosto de fazer Crossfit. É uma modalidade que considero bastante animada e com um ambiente incrível.

Além da mudança física, considera que a perda de peso a mudou a nível psicológico? Se sim, de que forma?

Sem dúvida. Hoje penso na alimentação como forma de nutrir o meu corpo e de prevenir doenças para viver mais tempo e mais saudável. Sinto que o exercício físico me ajuda bastante a conseguir estar mais estável psicologicamente. Ajuda-me a controlar melhor o stress e a ansiedade, não deixando lugar para depressões.

Brand Story