Estes são os alimentos que podem causar cancro

Marcam presença na alimentação diária, mas o seu impacto pode ser bem mais nocivo do que estamos à espera. Falamos dos alimentos ultraprocessados e do risco de cancro que portam.

Por alimento ultraprocessado entende-se aquele que no seu processo de produção contou com altas quantidades de açúcar, sal e/ou gorduras trans e saturadas.

Segundo um recente estudo publicado na revista The BMJ, o consumo regular deste tipo de alimentos está associado a um maior risco de vários tipos de cancro, incluindo o da mama.

 

A ligação entre alimentos ultraprocessados e o cancro

 

Para a investigação foram analisados e relacionados os planos alimentares e o estado de saúde de 104.980 adultos franceses. Ao todo, foram ainda listados 3.300 diferentes alimentos de consumo regular.

Assim que cruzaram os dados, os cientistas notaram que o consumo frequente de alimentos ultraprocessados está associado ao aumento de 12% do risco de cancro.

No caso do cancro da mama, o aumento de 10% do consumo destes alimentos pode resultar num risco de cancro 11% maior.

Embora os dados se tenham mostrado concretos, os cientistas defendem a necessidade de mais estudos sobre o tema.

Importa perceber se o ‘pecado’ está no alimento em si ou em determinados ingredientes prejudiciais.

 

Os alimentos ultraprocessados que deve evitar

 

Uma alimentação saudável quer-se variada e equilibrada, podendo até incluir alimentos menos amigos da boa forma. Contudo, quando em causa está a saúde, o melhor é mesmo banir alguns produtos.

 

Qualquer tipo de alimento com um vasto leque de ingredientes é também de evitar.

Mas há preciso reduzir ou banir o consumo de outros alimentos. Clique nas imagens acima e saiba quais.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Ads

ARTIGOS RELACIONADOS


OUTROS CONTEÚDOS GMG


Send this to friend