Menu
Inicio Uncategorized Saúde oral é saúde geral

Saúde oral é saúde geral

Dr. Khaled Kasem
Saúde oral é saúde geral
Smile2Impress

A distinção entre saúde e saúde oral é feita por todos os que entendem a última como uma parte da saúde independente e menos relevante. Há quem identifique a saúde oral como um capricho associado a questões estéticas e a reduza à simples vontade de ter dentes brancos e um sorriso à Hollywood, mas essa é uma ideia que leva ao engano e a um descuido que pode dar, inclusive, lugar a doenças.

Se o corpo humano funciona como um todo, também a saúde não se parte e reparte. Ainda que faça sentido atribuir diferentes designações correspondentes às diferentes áreas da saúde, não devemos encará-las como sendo áreas independentes e, menosprezar umas comparativamente a outras. Independentemente da especialidade, da zona do corpo que estamos a tratar ou do motivo que nos leva a procurar a ajuda de um profissional, saúde é saúde e só temos uma vida para a preservar.

Saúde oral é saúde geral e que se desengane quem pense que os problemas associados à boca e aos dentes ficam apenas na boca. Na verdade, a saúde oral é uma janela aberta para problemas maiores que se podem vir a refletir de diferentes formas em diferentes zonas do corpo. Com maior ou menor gravidade, o cuidado que temos com a nossa saúde oral impacta diretamente o nosso organismo, que pode vir a sofrer consequências sérias quando se fecha os olhos ao que se passa na boca.

Além de essencial para uma correta mastigação e fala, a manutenção de uma boa higiene e cuidado oral vai mais além e permite prevenir de outras condições mais severas. Na nossa boca residem, naturalmente, uma série de bactérias, aparentemente inofensivas, mas que podem representar sérios perigos para a saúde quando não é feita uma correta higienização oral. Nesses casos em que a saúde oral fica em segundo plano, as bactérias ganham terreno, multiplicam-se e desenvolvem as conhecidas cáries e infeções nas gengivas. Se é verdade que estes são problemas tipicamente associados à boca, também é verdade que quando não são tratados, há um risco sério de que estas complicações evoluam, entrem para o sangue e se alastrem por todo o organismo.

Doenças cardiovasculares e respiratórios ocupam lugares de destaque quando se fala em complicações que podem ter tido origem na boca. São vários os estudos que têm vindo a comprovar a tese de que há uma relação direta entre uma má saúde oral e outros problemas de saúde que, à primeira vista, em nada têm a ver com o estado da boca e dos dentes dos pacientes. A verdade é que as bactérias da boca podem vir a alojar-se no coração ou nos pulmões e dar lugar a doenças como a endocardite, uma infeção da camada interior do coração, e a pneumonias.

A influência direta da saúde oral na saúde não deve ser esquecida, sobretudo pela população mais vulnerável, pelas grávidas e também pelos atletas, que devem manter sempre em mente que o sucesso e, sobretudo, a saúde, depende de sorrisos saudáveis. Além da correta e frequente higienização, é preciso que haja a consciência da importância de recorrer a um profissional de forma regular e de olhar para os sorrisos como o espelho da saúde.

Ainda há um longo caminho a percorrer no que diz respeito à consciencialização real de que a importância de um sorriso saudável vai muito além de um sorriso à estrela de cinema. O objetivo do mundo da ortodontia e saúde dentária procura, naturalmente, conseguir que os seus pacientes tenham um sorriso de sonho, mas mantendo sempre em mente que um sorriso bonito é, acima de tudo, um sorriso saudável que se reflita no bem-estar geral. Saúde oral é saúde e, no final de contas, deverá ser sempre essa a prevalecer.

 

Por Dr. Khaled Kasem, chefe de ortodontia da Impress

Brand Story