Menu
Inicio Saúde Sangue nas gengivas? Atue assim o quanto antes

Sangue nas gengivas? Atue assim o quanto antes

Estipula-se que cerca de 60% da população sofra de problemas nas gengivas. Siga as dicas da nossa dentista para manter a sua boca saudável.

Nem só dos dentes e gengivas vive uma boca saudável

Existem duas condições mais comuns que afetam as gengivas: gengivite e periodontite. Segundo a dra. Vera Henriques, médica dentista na clínica Fernandes & Guimarães, Lda., em Lisboa, “a gengivite é a inflamação da gengiva que constitui o estágio inicial da doença. É mais facilmente revertida, uma vez que os tecidos de suporte do dente ainda não estão afetados”. Por outro lado, existe a periodontite. “Esta é uma condição inflamatória mais grave que já afeta os tecidos de suporte do dente, provocando mobilidade dentária”.

Causas preocupantes

Qualquer uma destas condições têm como causa principal a “acumulação de placa bacteriana ao redor dos dentes e junto à gengiva”. E por que isto acontece? Simples. “Quase sempre a razão está relacionada com uma incorreta higiene oral”. Neste sentido, e para entender melhor o que é a placa bacteriana, a médica dentista explica que é “uma fina película que adere à superfície dos dentes e que calcifica quando não é removida, denominando-se de tártaro”.

Medidas de prevenção

Para evitar que qualquer um destes casos lhe aconteça, comece por regularizar a sua higiene oral. Como? “Utilize uma escova suave e o fio/fita dentária (ou escovilhão interdentário) para remover a placa bacteriana de todas as superfícies dentárias, assim como nos espaços entre os dentes”. O seu sorriso agradece!

O mal já está instalado?

Deixou-se desleixar e as suas gengivas já apresentam problemas. Agora a solução passa por recorrer a um especialista em tratamento de patologias gengivais, isto é, um periodontologista. Clinicamente, será feita uma boa destartarização ou uma curetagem subgengival. Só os nomes assustam? A dra. Vera Henriques simplifica estes termos médicos: “a destartarização é uma remoção do tártaro acima do nível da gengiva. A curetagem gengival é a remoção do tártaro abaixo do nível da gengiva”. Mais esclarecido? Acreditamos que sim. E ambas não doem (quase) nada!

Hábitos que colocam os seus dentes em risco

Existem diversos fatores do seu dia a dia que poderão estar a “minar” a saúde do seu esmalte dentário. Percorra a nossa galeria de imagens e veja o que deve evitar.

VEJA AINDA:

Estes 26 objetos estão cheios de germes e podem prejudicar a sua saúde

Brand Story