Menu
Inicio Perder Peso Sair de uma relação tóxica foi o impulso para perder peso

Sair de uma relação tóxica foi o impulso para perder peso

Lisandra da Silva partiu para Inglaterra onde encontrou uma nova versão sua, muito mais saudável.

Lisandra estava no Porto, num avião com destino a Londres, quando gritou interiormente um ‘acorda!’ que a levou a descobrir a luz no fundo do túnel. Estava com 140 kg na altura, um peso em muito superior ao que lhe era saudável, mas até onde se deixou chegar ao longo dos anos. Aliás, como a própria admite, foi obesa desde que se lembra.

“Uma das minhas primeiras memórias foi sentir-me desconfortável por ser a maior da turma, na primeira classe”, conta-nos, admitindo que já nesta altura usava a comida como meio para esconder a frustração sentida por ser sempre ‘diferente’ de todos os outros, de ser aquela que entra em qualquer loja de roupa e não encontra nada que lhe sirva.

Entretanto, com a vida adulta veio um casamento, fruto de uma relação “nada saudável, com muito abuso tanto a nível psicológico como físico, que só me fez perder o amor-próprio, a minha personalidade e independência e aumentar de peso”. Foi assim que Lisandra chegou ao avião que referimos no início deste texto. Estava a caminho de uma nova vida, noutro cenário, e foi lá que perdeu mais de 90 kg, e ganhou a massa muscular de que carecia o seu novo corpo, resultado da prática de Jiu-Jitsu, Muay Thai e musculação, além das viagens que faz de bicicleta, por Cambridge.

No processo, foi-lhe diagnosticada artrite reumatoide, uma doença autoimune que carece de uma alimentação específica que diminuía os níveis de inflamação e que descobriu na alimentação cetogénica e carnívora, com a qual se sente mais completa e em paz por ter encontrado o seu ‘eu’ mais saudável.

Brand Story