Menu
Inicio Nutrição 7 causas e 13 soluções para o inchaço abdominal

7 causas e 13 soluções para o inchaço abdominal

Causas, consequências e soluções. A explicação a tudo isto está mesmo aqui.

7 causas e 13 soluções para o inchaço abdominal

A sensação de inchaço abdominal tem tanto de desconfortável, como de embaraçosa – especialmente quando surge em momentos sociais ou íntimos – e é mais frequente do que aquilo que desejaríamos.

Este “aumento do volume da barriga não se trata de peso a mais, nem de gordura”. O inchaço abdominal é, na verdade, o resultado do “ar acumulado a nível do estômago e/ou intestino“, começa por explicar à Women’s Health a nutricionista Sofia Pinto, do Holmes Place Constituição e da Santa Casa da Misericórdia de Penafiel.

Contudo, salienta, “só é considerado inchaço abdominal quando o abdómen aumenta significativamente o seu tamanho”.

Não, “a variação que ocorre no abdómen de manhã versus abdómen ao final do dia” não é um caso de inchaço abdominal, pois esta diferença de volume ao longo do dia “trata-se de uma variação dentro do normal”.

Apesar de o desconforto abdominal ser a principal consequência do inchaço, por vezes pode mesmo “provocar dor/cólica abdominal“.

De acordo com a nutricionista, “a maioria das vezes o inchaço abdominal é inofensivo, contudo, se o mesmo for muito frequente e persistir, terá que consultar um médico para excluir possíveis patologias, em especial da síndrome de má absorção intestinal como doença celíaca, síndrome do cólon irritável e doença de Crohn”.

 

Inchaço abdominal: As causas para o aumento do volume

As causas “podem ser muitas e é necessário estar atento a todas elas”, pois, explica a especialista, só assim é possível “identificar a razão do problema e arranjar a solução correspondente”.

“O inchaço abdominal ocorre principalmente por desequilíbrios na flora intestinal e/ou má digestão, o que resulta em acumulação de ar”.

Porém, existem outras potenciais causas que merecem atenção, alerta a nutricionista Sofia Pinto. São elas:

– “Alergias ou intolerâncias alimentares (em especial a intolerância à lactose e ao glúten, que são das mais frequentes)”;

– “Má alimentação (com aumento do consumo de gorduras e de açúcares)”;

– “Flatulência e/ou obstipação”;

– “Causas hormonais (nomeadamente a fase menstrual)”;

– “Stress”;

– “Uso abusivo de bebidas alcoólicas”;

– “Alguma medicação à base de cortisona”.

 

Mas tem solução? Sim! Embora varie de pessoa para pessoa e “consoante a causa que poderá estar a levar ao inchaço abdominal”, este problema pode ser atenuado com alguns truques.

Clique nas imagens e saiba quais.

Brand Story