Menu
Inicio Living Quer desconectar nas férias? Siga estas dicas

Quer desconectar nas férias? Siga estas dicas

Dicas para esquecer as preocupações e fórmulas para deixar o trabalho de lado durante alguns dias.

férias
Pexels

Quando o verão se aproxima, questiona-se sobre quais são os melhores lugares para passar férias, as praias mais atraentes ou os destinos mais comuns para desfrutar alguns dias longe do escritório? Essas perguntas são importantes, no entanto, a primeira coisa que deve considerar é quantos dias são realmente necessários para desconectar.

Considerações a ter quando vai de férias

Investigadores dizem que há um momento específico nas férias em que se atinge um pico de felicidade, e isso é alcançado no oitavo dia. “Os nossos dados mostram que a saúde e o bem-estar aumentam rapidamente no início das férias, e o pico é atingido no oitavo dia”, como demonstra o estudo realizado pelo Journal of Happiness Studies.

Ao falar da fusão entre a área pessoal e a área de trabalho, deve compreender o papel que os telemóveis desempenham. Por serem utilizados em ambas as áreas, podem interferir com o seu descanso e a sua capacidade de desconexão.

Simultaneamente, deve ter cuidado com as altas expectativas em relação às férias, porque no caso de não conseguir descansar completamente, irá ficar incomodada. Em muitos casos, as férias não são suficientes. Há a tendência para não descansar e tentar controlar tudo. “Talvez devido à forma como o trabalho é perspetivado culturalmente, caímos na dinâmica de trabalhar incansavelmente o ano inteiro. Depois, tentamos compensar isso tudo em duas semanas de férias. Atenção! O descanso e o uso do tempo livre devem estar presentes durante todo o ano, adaptados à estação, ao tempo que tem disponível e à sua situação pessoal e laboral”, explica Irene Lorza Gil, psicóloga do TherapyChat.

O problema é que, apesar de os estudos apontarem para uma necessidade de oito a 15 dias de férias para se esquecer a rotina de trabalho, grande parte dos trabalhadores não consegue evitar o contato com os seus compromissos durante os dias de descanso.

Por esta razão, Randstad dá alguns conselhos para desconectar. “Abstrair-se do trabalho durante o verão ajuda os profissionais a reduzir o nível de stress e facilita a sua reintegração após o término do período de férias. Tanto a mente, como o corpo precisam de descansar. Recomenda-se tentar deixar tudo o que puder terminado antes de sair de férias e não deixar pontas soltas antes de sair do escritório.

Lugares para desconectar

São cada vez mais as pessoas que, em vez de optarem por locais urbanos, encontraram a oportunidade de se reencontrar em espaços naturais. Existem muitos oásis de bem-estar que se erguem como verdadeiros templos e que prometem uma desconexão.

As opções que lhe permitem passar momentos em contacto com a natureza são várias. Procura algo diferente de um hotel, mas mais requintado do que um acampamento? Os bungalows podem ser uma boa opção.

Como relaxar nas férias

O TherapyChat preparou várias dicas para conseguir uma completa desconexão e descanso ao longo do ano.

1. Não idealize férias. É importante não idealizar o descanso e assumir que o tempo livre nem sempre é perfeito.

2. Aceite que não há desconexão absoluta. É comum recordar o que tem que fazer na segunda-feira durante o fim de semana, mas o facto de aparecerem pensamentos e preocupações não significa que não está descansada. É algo que não pode evitar. Portanto, o melhor que pode fazer é normalizar a situação, aceitar a existência desses pensamentos sem se culpar e tentar colocar o foco de atenção para o presente.

3. Limite as ações relacionadas com trabalho. Por exemplo, aceder ao e-mail apenas durante o horário de trabalho ou desativar notificações durante o fim de semana. Também não é aconselhável passar as suas horas livres a conversar sobre trabalho com a sua família e amigos.

4. Encontre atividades gratificantes. É essencial dedicar tempo livre ao que é importante para si, como os seus hobbies. Assim, quando as preocupações vêm, deve tentar focar a atenção no que está a fazer naquele momento, o que é mais fácil se estiver a fazer algo que gosta.

5. Motive-se pensando nas férias, durante os picos de trabalho. Pode ser uma boa estratégia para momentos específicos, mas não deve ser a única. Ter em mente a próxima pausa pode ser um empurrão para viver com fadiga e exaustão após meses sem férias. No entanto, não deve cair no arrependimento constante de trabalhar. Se está nele aqui e agora, dedique-se totalmente ao trabalho. Assim, também se pode dedicar totalmente ao descanso quando for a hora certa.

Brand Story