Menu
Inicio Treino Otimize assim o seu treino para perder peso

Otimize assim o seu treino para perder peso

O personal trainer Hugo Costa ensina a otimizar o treino para atingir os objetivos.

Otimize assim o seu treino para perder peso

Perder peso não é uma tarefa fácil nem tão pouco algo que se consiga de um dia para o outro. Mas que fique desde já uma ideia bem assente: É possível dizer adeus aos quilos a mais até mesmo quando o tempo escasseia para treinar.

O segredo do sucesso está nos “treinos intervalados ou contínuos variados”, revela à Women’s Health o personal trainer Hugo Costa.

Se faz parte do leque de pessoas que tem diariamente 30 minutos ou menos para treinar, então tem de ir além do tipo de treino mais eficaz. É igualmente preciso saber escolher o melhor horário para o fazer. E é à tarde.

“À tarde penso que será a melhor opção [para treinar], tendo em conta que à noite as adaptações imediatas produzidas pelo treino a nível hormonal poderão prejudicar o sono”, diz o especialista, salientando que “de manhã poderá também não ser a melhor opção tendo as três para escolher, uma vez que durante o sono o corpo esteve em repouso mais horas (homeostase) o que nos leva a pensar que ainda não está predisposto para a prática do exercício físico imediatamente após acordar”.

Além disso, continua, treinar de manhã pode não permitir que sejamos tão eficazes quanto o desejado. Pois não será “a melhor altura para desafiarmos as nossas capacidades físicas ou elevar a fasquia da intensidade do treino”.

 

Treino na rua? Sim, mas com cuidado

À falta de tempo para treinar soma a falta de tempo para deslocações até ginásio? O melhor é mesmo deixar a matemática de lado e optar pelo treino ao ar livre.

Se optarmos pelo treino outdoor, diz o personal trainer do Fitness Hut do Espaço Amoreiras, “existem imensos parques públicos. Em muitos deles podemos até já encontrar algumas estações de treino funcionais. Por lá encontra também espaços próprios para a prática desportiva”.

Nestes casos, deveremos “ainda ter em conta o tipo de solo. Pois se tivermos uns quilinhos a mais, as articulações e tendões poderão sofrer consequências. Tal deriva dos impactos durante o treino. A relva poderá ser uma boa opção”.

Para o especialista, um outro cuidado importante a ter diz respeito à estação do ano. Hugo Costa aconselha uma boa hidratação “se estiver calor” e se a pessoa tiver a “consciência de que o frio e a consequente vasoconstrição não ajudam muito no que diz respeito à predisposição do músculo para os exercícios nem na prevenção de lesões durante os mesmos”.

Mas eis que surge a pergunta. Qual o melhor treino para perder peso de forma eficaz? Na verdade são muitos, mas o principal é reter a mensagem do PT. “Basta quereres e as opções são imensas”.

Clique nas imagens e saiba como otimizar o seu treino.

Brand Story