Menu
Inicio Saúde É por este motivo que não deve usar o protetor solar do...

É por este motivo que não deve usar o protetor solar do ano passado

Renove o stock e proteja a pele do sol.

protetor solar
protetor solar

Se, este verão, pretende utilizar o resto do protetor que tem sobrado dos anos anteriores, é melhor repensar essa ideia.

O prazo de validade da maioria dos protetores solares é de três anos, segundo a Mayo Clinic. Após esse período, os ingredientes ativos do produto deterioram-se, fazendo-o perder eficácia e capacidade de proteger a pele.

Procure a data de validade na embalagem do protetor que utiliza – caso não encontre esta informação, opte por escrever a data de compra algures na embalagem para poder ter noção da longevidade do produto.

 

Os cuidados a ter com o protetor solar

Importa ainda perceber que a validade deste tipo de produto está intimamente ligada à forma como o mesmo é guardado entre cada utilização. Os protetores deverão ser colocados em locais arejados, longe de temperaturas elevadas e da exposição solar direta.

Assim, deixar o protetor no carro ou perto de uma janela não é uma boa ideia, já que o calor torna o SPF menos eficaz.

Agora que já sabe se pode ou não usar o protetor que tem em casa, não se esqueça dos outros cuidados que a utilização deste produto exige – como é o caso da aplicação regular e uso diário.

De acordo com o Serviço Nacional de Saúde, que cita dados da LPCC, 53% dos portugueses só aplica o protetor quando sente a pele a queimar e 40% não renova a aplicação – números que apresentam perigos para a saúde da pele a nível nacional.

Segundo os especialistas, a adoção de comportamentos responsáveis “poderá evitar os 10 mil novos casos de cancro da pele que todos os anos aparecem e são uma preocupação”.


Ler mais:

https://www.womenshealth.pt/beleza/mesmo-preciso-usar-after-sun/


 

Brand Story