Menu
Inicio Beleza Como proteger a pele da intensidade dos treinos

Como proteger a pele da intensidade dos treinos

A prática de exercício até faz bem ao seu corpo e cabeça, mas a sua pele fica numa lástima? Sair do ginásio com a cara toda vermelha e a pele irritada é algo que não lhe pode acontecer! Veja as nossas sugestões.

Adora ir ao ginásio e está encantada com os resultados obtidos nos treinos. Feliz com o corpo trabalhado e com o bem-estar que o exercício lhe proporciona, mas a verdade é que depois do treino muitas vezes pergunta-se por que é que tem o rosto ruborizado e a pele irritada.

Pois, fique a saber que tal situação é comum a muitas mulheres, e que o tipo de pele e as alergias têm um papel decisivo na hora de avaliar como responde a pele ao exercício intenso. Além disso, fatores externos como a roupa e o clima também podem diminuir ou agudizar esses problemas.

Mas pense positivo: sabe-se que o exercício físico aumenta a circulação sanguínea, o que faz com que a pele fique radiante. Por isso, só precisa de algumas dicas do que fazer antes, durante e depois do ginásio, para que faça exercício mais motivada e fique com melhor aspeto.

 

Stop às vermelhidões

Há cada vez mais mulheres com a pele reativa ou sensível que, depois do exercício e do aumento da temperatura e transpiração, ficam com a sua pele avermelhada pelo aparecimento de capilares dilatados.

Plano de ação: Para prevenir deve usar cosméticos com princípios ativos calmantes e descongestionantes como o aloé vera, a rosa mosqueta e a glicerina. Outro ingrediente que também deve usar: água termal.

Isto funciona: Uma pulverização com um spray de água termal no corpo e no rosto ajuda a baixar a temperatura de forma instantânea e a aliviar os sintomas de irritação da pele. Os hidratantes faciais que incluem água termal são mãos de santo para acalmar a pele seca.

De acordo com os especialistas, a pele seca está mais sujeita ao prurido e a vermelhidões porque, para além da água, faltam-lhe lípidos na sua capa mais superficial. Sem isso, a pele não consegue realizar a sua função de barreira contra os agentes irritantes externos.

 

Calor e vermelhidões no rosto?

Se tem estes sintomas, deve começar a ter algum cuidado, porque, com o tempo, as vermelhidões tornam-se mais persistentes e podem evoluir para outro tipo de patologias, nomeadamente a eritrose facial e a rosácea.

Quando a vermelhidão passa a ser difusa e permanente, trata-se de eritrose facial. Quando começam a ser visíveis pequenos vasos, está-se perante um agravamento da eritrose e surge a rosácea.

A dermatologista Cristina Vasconcelos, da Clínica de Dermatologia Dr. Fernando Ribas, no Porto, explica que a eritrose facial “é uma patologia dermatológica relativamente frequente, constituída por uma vermelhidão na face, principalmente na região central, nomeadamente nas áreas malares e nariz”.

Acrescenta ainda que “inicia-se por fenómenos congestivos fugazes da face, com vermelhidão e calor local. Esta patologia é agravada e/ou despertada por situações de stress, alterações hormonais, ambientes aquecidos ou determinados alimentos”.

Evite: Uma pessoa com eritrose facial não tolera bem cosméticos que contenham ácidos como o glicólico ou o retinóico, nem os peelings e os esfoliantes.

A camuflagem: Há cosméticos com tonalidades verdes que contrariam a vermelhidão e os famosos CC creams, que ajudam a disfarçá-la.

 

Se transpira, não se queime

Se corre ou faz exercício ao ar livre tem de ter sempre à mão (ou numa bolsinha, se preferir) um bom protetor solar. Melhor prevenir. As regras são simples, ainda que estejamos sempre a esquecer-nos: aplicar o protetor 30 minutos antes de se expor ao sol, evitar fazer grandes maratonas entre as 12 e as 16 horas, quando aperta mais o calor. E, já agora, lembrar-se de repetir a aplicação a cada duas horas.

A fórmula: Procure um fator de proteção elevada (mínimo SPF 30), que seja bem resistente à transpiração e de fácil aplicação.

O ponto frágil: As mãos estão mais expostas, logo deve protegê-las como merecem. Está toda vermelha? Fique longe do sol uns dias e coloque cremes reparadores.

 

Um, dois, três, desmaquilhe-se!

É um gesto que não pode deixar de fazer mesmo que esteja com falta de tempo. Se vai ao ginásio ou sai a correr depois do trabalho, a última coisa que quer é que a maquilhagem ou o creme que colocou se misturem com a transpiração e obstruam os poros provocando o aparecimento de imperfeições e pontos negros.

Melhor prevenir: As peles oleosas e mistas são as mais propensas ao aparecimento de poros e imperfeições. Use hidratantes e protetores solares livres de óleos e não comedogénicos (com propriedades que não bloqueiam os poros) e fórmulas purificantes para limpar a sua pele.

Bye- Bye acne: Aplique um gel com propriedades antibacterianas. Use também duas vezes por semana um esfoliante suave com ácido salicílico, um dos ativos mais eficazes contra a acne. Encontra-o nos produtos pensados para proteger a pele que têm uma ação purificante e antibacteriana que evitam a propagação das bactérias.

 

Quer saber como proteger a pele das consequências dos treinos? Clique nas imagens acima e conheça os melhores produtos.

 

Leia também

https://www.womenshealth.pt/beleza/prova-do-sol-solares-um-verao-protegido/

Brand Story