Menu
Inicio Saúde Portugal sedentário. Apenas 32% dos adultos pratica exercício

Portugal sedentário. Apenas 32% dos adultos pratica exercício

exercício, aquecimento

Nunca se teve de forma tão fácil tanta informação sobre a importância da alimentação saudável e da atividade física. Mas parece que os portugueses não estão a passar da teoria para a prática.

Esta é a conclusão de um recente levantamento realizado pelo Observador Cetelem, que revela que apenas 32% dos adultos portugueses pratica exercício físico. Quem vive no meio urbano é quem se assume como fisicamente ativo.

“Deste terço da população portuguesa, destacam-se os homens, sobretudo os que têm entre 18 e 34 anos (63%). Pelo contrário, no grupo que se afasta dessa atividade, está a geração entre os 45 e os 65 anos (49%) e as mulheres (56%)”, lê-se num comunicado enviado às redações.

Apesar de existirem atividades físicas que não requerem qualquer investimento – como a caminhada ou o simples hábito de tonificar com o peso do próprio corpo -, a verdade é que o dinheiro parece continuar a ser um entrave ao exercício.

Deste modo, o levantamento considera “importante destacar que 95% dos praticantes de atividade física provêm de classes com rendimentos elevados e 84% dos que não praticam qualquer atividade física são oriundos de classes com rendimentos médios e baixos”.

 

Motivados para (não) treinar

O sedentarismo é um dos principais atentados à saúde e bem-estar, contudo, nem assim os portugueses mexem o corpo.

A falta de motivação é um dos maiores entraves, mas quem treina arranja sempre um gatilho para se manter compenetrado com o exercício físico. Diz o estudo que “entre as motivações para a prática de exercício físico destaca-se a manutenção da forma física (64%) que leva a que 62% dos inquiridos faça três a quatro treinos por semana”.

“Contudo, este não é o único motivo que leva os portugueses a exercitar o corpo. As respostas dos inquiridos sugerem que razões de saúde (15%) e perda de peso (10%) são também importantes objetivos pessoais, assim como motivações de natureza estética ou social: diversão, integração num grupo ou o reforço de relações sociais”.

Embora a procura por um corpo mais saudável e tonificado seja uma boa motivação, a “grande maioria da população (68%) ainda não se dedica à prática de atividade física, sendo a principal razão para este facto a falta de tempo (40%), a falta de gosto (23%) ou de vontade (17%)”.

 

https://www.womenshealth.pt/treino/10-conselhos-infaliveis-tornar-runner/

Brand Story