Menu
Inicio Perder Peso Perdeu 58kg e ganhou “força de viver”. “Aprendi que a opinião dos...

Perdeu 58kg e ganhou “força de viver”. “Aprendi que a opinião dos outros não importa”

Adriana era obesa desde criança. “Cheguei a um ponto em que mal me conseguia baixar”. A noção de que perdia independência fez-lhe ver a vida de outra forma.

Adriana Cruz, perda de peso, obesa

Adriana Cruz, de 26 anos, é uma jovem saudável que embora ainda não tenha atingido o peso que ambiciona alcançar, já travou a sua maior batalha. Cuidar de si, por gostar de si. Dar mais importância ao que sente, e não na opinião dos outros.

Mas até chegar a esta fase, há um longo percurso que começou ainda antes de entrar para a escola primária e que importa contar para explicar como Adriana chegou à mulher confiante e saudável que é hoje. “Quando entrei para a primária já era uma criança com excesso de peso”, começa por contar. Mas o seu corpo estava longe de ser um problema. Pelo contrário, era motivo de comentários como ‘gordura é formosura’.

Depois da primária, “deixei de achar tanta piada ao ser gorda com a cara bonita. Pois aqueles comentários foram substituídos por ‘elefante’ ou ‘popota’”. Mas embora consciente da depreciação com que era apontada, Adriana sentia-se bem como estava. “Não tinha noção de que já era uma criança doente”.

Os anos passavam e as críticas tornavam-se cada vez piores. Além das ofensas que ouvia, sentia os colegas afastarem-se de si. A ‘solução’ estava na comida. Foi lá que a nossa entrevistada se refugiou cada vez mais até chegar a uma fase em que o excesso de peso era visto como um problema e os seus familiares a convenceram a ir a um nutricionista. Adriana ia às consultas, mas sempre por obrigação, e por isso em vez de por em prática as orientações do especialista, comia ainda mais. “Naquela altura não percebia que os meus familiares só queriam o melhor para mim. Eu sentia que não gostavam de mim. Que nem para a minha família servia”, diz, recordando que na altura achava que a queriam mudar por não gostarem dela.

Morar sozinha: um momento fulcral na vida de Adriana

No momento, sentiu uma grande alegria por sair de casa dos pais. “Podia comer tudo o que queria, como queria, às horas que queria sem ser ‘julgada’”. Hoje, sabe ter sido o momento que despoletou o seu estado mais crítico.

“Aos 24 anos, atingi o peso máximo de 136,6kg. A minha saúde só piorava, assim como os meus hábitos alimentares” – mudanças que se reviam em limitações físicas. “Passei a conseguir andar apenas em trajetos muitos curtos, deixei de me conseguir baixar”. Foi aí que percebeu que estava doente: quando percebeu que perdera toda a sua independência. Foi também este o momento em que decidiu mudar de vida. O dia ficou-lhe para sempre marcado na memória. A 4 de julho de 2019 Adriana deu o primeiro passo no caminho da sua melhor versão.

“Na altura chamei de dieta, hoje chamo modo de vida”

Desde logo, a sua atitude mudou. Pediu ajuda aos amigos e familiares e começou a seguir perfis nas redes sociais dedicados à alimentação saudável. Obrigou-se a educar o paladar, trocando o fast-food por sopas, frutas, vegetais e outros alimentos que até então teimava em negar.

O mais difícil foi mesmo forçar-se a negar os velhos hábitos. Adriana sabe que não deixou de gostar de fast-food, apenas aprendeu a optar por (muito) melhores escolhas. Para manter tal foco, ‘bastou-lhe’ ver que o corpo estava reagir às mudanças. Se antes levantar um objeto do chão era já um sacrifício, recuperar a mobilidade e independência foram os melhores resultados que poderia reconhecer. Algo que despertou um sentimento de força e resiliência em Adriana, cuja maior mudança foi a nível psicológico.

“Existe uma maldade extrema em certas pessoas, mas tal já não me afeta

“Antes, ficava devastada com certos comentários o que fazia com que comesse mais e mais. Hoje, passam-me ao lado. Aprendi que o que importa sou eu, não a opinião dos outros.


Se também tem uma história de superação e gostava de partilhar o seu testemunho na Women’s Health, envie-nos um email para [email protected]

Brand Story