Menu
Inicio Perder Peso “Quando consegui aumentar o meu primeiro quilo fiquei em êxtase!”

“Quando consegui aumentar o meu primeiro quilo fiquei em êxtase!”

Patrícia Rebelo queria ganhar peso, mas não estava a ser uma tarefa fácil. Quando engordou o primeiro quilo, a sua vida mudou.

Patrícia Rebelo

Patrícia Rebelo é a prova de que os problemas com o corpo nem sempre se prendem com a dificuldade em perder peso. Desde muito nova lidou com o facto de não conseguir ganhar peso, mesmo não tendo a alimentação mais saudável.

Como e por que motivo começou a sua jornada de transformação?

Um dia dei por mim a subir um lance de escadas e a ficar sem energia e percebi que algo tinha de mudar e assim foi. No Verão de 2016 tive a primeira consulta de nutrição e no início de 2017 comecei a treinar musculação a sério. Foi o meu namorado que me treinou durante muitos meses.

Antes: 45 KG

Depois: 56 KG

Que momentos destaca?

Esta jornada fit (e a sério) começou quando decidi ter a consulta de nutrição, no verão de 2016 e são tantos momentos! Mas sem dúvida que quando consegui aumentar o meu primeiro quilo – fiquei em êxtase!

Como se sente neste momento e quais são os seus objetivos futuros?

Sinto-me feliz, grata e poderosa. Para o futuro, sem dúvida, continuar a ultrapassar os meus limites.

Patrícia Rebelo

Quais foram as principais alterações que aplicou ao teu estilo de vida?

Quando tive a minha primeira consulta de nutrição disse logo à Catarina (a minha nutricionista) que queria aumentar 5 kg num ano. Um mês depois da nossa consulta disse-lhe “vou ser vegana” e ela deu-me o apoio total! Sou a prova de que é mais que possível aumentar de peso através de uma alimentação 100% vegetal. Em termos de alterações, para mim a mais desafiante – e isto porque não estava habituada – foi a regularidade com que comia: passei de 3x para 7x ao dia.

Como se manteve motivada?

Através da mudança física que ia vendo no espelho e quando me pesava, acredita que isso é uma super motivação. Eu gosto de reinar! Não vou para o ginásio só porque tem de ser. Gosto de saber que aumentei o peso naquele exercício, que consigo quebrar o que eu julgava ser o meu limite.

Qual é a sua rotina habitual de treino?

Em novembro de 2017 passei a ser treinada pela minha PT e a amiga Susana. Que diferença! Os meus treinos vão mudando, sendo que a rotina atual se resume a 4 treinos por semana: membros inferiores, costas e peito, bicípite e ombro e por fim mobilidade e abdominais (não por esta ordem).

Além da mudança física, considera que o ganho de peso te mudou a nível psicológico? Se sim, de que forma?

Sinto que me fez perceber que afinal sou ainda mais forte do que aquilo que pensava ser. Felizmente nunca deixei que os comentários depreciativos sobre ser magra me deitassem abaixo. Moíam mas sempre consegui superar.

Muitas vezes, a ideia de transformação fit é apenas associada à perda de peso. Sentiu o estigma por querer engordar (e não emagrecer)? Se sim, como lidou com isso?

Sem dúvida que quando se fala de transformação as pessoas tendem a pensar na perda de peso, por isso é que fiz sempre questão de partilhar no meu Instagram o facto de querer aumentar de peso. Nunca senti qualquer comentário depreciativo em relação ao querer engordar, muito pelo contrário. Recebi várias mensagens de pessoas que tinham o mesmo objetivo que eu e ficaram felizes por saber que existe alguém nas redes sociais a partilhar a sua história de aumento de peso.

Patrícia Rebelo

Como é a sua rotina alimentar atual?

Neste momento faço umas 6/7 refeições por dia (atenção que isto é o que funciona comigo e com os meus objetivos). Para além do pequeno-almoço, lanche e jantar, faço também um segundo pequeno-almoço, um segundo lanche e uma ceia. Quem me conhece sabe que eu gosto muito de comer (risos).

E como foi a passagem para uma rotina alimentar vegana?

Super tranquila. Quando passei para uma alimentação 100% vegetal comia ovos e esporadicamente peixe. Sinceramente não tive qualquer dificuldade em preparar refeições que me deixassem saciada e que fossem apetitosas. O Pinterest é um lugar fantástico para encontrar receitas.

“Felizmente, nunca deixei que os comentários depreciativos sobre ser magra me deitassem a baixo”.

O que diria a alguém que, neste momento, também quer ganhar peso e mudar para um estilo de vida mais saudável?

O que costumo dizer sempre: para consultar um profissional de saúde. Por mais inspiradora que seja aquela pessoa que seguimos nas redes sociais, temos de nos lembrar que temos organismos diferentes e, por isso, o que resulta para ela pode não resultar para nós. O segundo conselho é a frase que me guia e que já a mencionei: o maior limite é aquele que temos na nossa mente. O nosso corpo é a nossa casa e temos de a tratar com todo o respeito que merece.

No processo, descobriu a paixão pela musculação. O que mais a apaixona neste tipo de treino, Patrícia?

Nunca na minha vida pensei vir a gostar de musculação. É engraçado como o universo conspira a nosso favor. Tudo me apaixona neste tipo de treino: é o desafiar os meus limites, é o conseguir aumentar o peso e sentir que estou mais forte, é o olhar ao espelho e perceber que “uau, estou a crescer”. É tão, mas tão gratificante.

Patrícia Rebelo

Brand Story