Menu
Inicio Novidades “O Senhor dos Anéis”: falámos com as atrizes da nova série

“O Senhor dos Anéis”: falámos com as atrizes da nova série

“O Senhor dos Anéis: Anéis do Poder” tem estreia marcada para 2 de setembro de 2022.

A carregar vídeo...

Está mais próximo que nunca: quase 20 anos depois do último filme da trilogia de O Senhor dos Anéis ter estreado nos cinemas, está quase a estrear a prequela de uma das maiores franquias do mundo cinematográfico de sempre: O Senhor dos Anéis: Anéis do poder.

A estreia da série está marcada para 2 de setembro, e a história será baseada no mundo de O Senhor dos Anéis, de J.R.R. Tolkien. A Women’s Health Portugal quis saber mais sobre o que podemos esperar da prequela e, por isso, esteve à conversa com Morfyyd Clark (que irá interpretar a icónica Galadriel na nova série da Amazon) e Nazanin Boniadi (que vai encarnar Bronwyn, uma nova personagem criada para a série).

Morfyyd Clark como Galadriel

Morfydd Clark interpreta a elfo Galadriel em O Senhor dos Anéis: Os Anéis do Poder. Isto significa que desempenha um dos papéis principais. Interpretar uma personagem que esteve presente nos três filmes originais da trilogia é de muita responsabilidade, e Morfyyd Clark sentiu o peso disso quando descobriu que tinha sido escolhida para o papel.

DR

À Women’s Health, a atriz galesa admitiu que “fazer parte do mundo d’O Senhor dos Anéis é avassalador e ainda difícil de acreditar”.

Ao contrário do que vimos na trilogia original, desta vez Galadriel não vai ser apenas uma “espécie de feiticeira”, mas também uma guerreira. “Esta Galadriel tem um longo caminho e milhares de anos a percorrer antes de acabar como a bela Cate Blanchett [atriz que interpretou Galadriel nos filmes]”, contou-nos Morfyyd Clark.

DR

Para ser uma guerreira, Morfyyd Clark precisou de treinar intensamente, e como confessou à Women’s Health, nunca se tinha sentido tão “poderosa” na sua vida.

“Tive aulas de natação com Trent Bray, que representou a Nova Zelândia nos Jogos Olímpicos. Fiz imensa escalada, treino de acrobacias com pessoas que fizeram parte dos filmes originais. Tive de aprender a suster a respiração debaixo de água durante três minutos e meio”, enumerou a atriz.

DR

Para poder realizar todas estas atividades, Morfyyd teve de aprender a dar os nutrientes essenciais ao corpo: “tive realmente de me certificar de que tinha combustível para fazer todas estas coisas porque queria que a Galadriel fosse forte e poderosa. Não fiz nenhuma dieta específica. Comia quando tinha fome e o exercício físico fez-me valorizar mais o facto de que é mesmo preciso alimentar o corpo”.

Sobre Galadriel

A personagem interpretada por Morfyyd Clark é uma das elfos mais antigas da Terra Média e é descrita como comandante dos exércitos do Norte. “Na série, ela é velha, mas não tão velha como a vemos então em O Senhor dos Anéis. Ela é sábia, mas não tão sábia como será na trilogia original. Ela está a tentar fazer com que as pessoas levem a sério que se aproxima alguma forma de perigo. Vejo-a um pouco como se estivesse numa espécie de filme de terror, ela está a gritar para o vazio que algo está a acontecer e ninguém a está a ouvir”, descreveu-nos a atriz.

DR

Nazanin Boniadi como Bronwyn

Nazanin Boniadi, nascida no Irão e defensora dos direitos humanos, dedicou a sua performance como Bronwyn “às mulheres corajosas do Irão que arriscam tudo por um amanhã melhor”.

Para Nazanin Boniadi, Bronwyn é a “versão fantástica” de si mesma, tal como referiu em conversa com a Women’s Health.

“A Bronwyn quer muito ajudar o seu povo a encontrar um lugar no mundo e a encontrar a liberdade. Tenho sido uma ativista da minha pátria há mais de uma década, trabalhando ao lado da Amnistia Internacional, por isso ressoo muito com a personagem”, explicou-nos.

DR

Tal como Morfyyd Clark, também Nazanin teve de se preparar fisicamente para o papel: “tive de fazer muitos treinos de acrobacias, treino de resistência e força. Mas os meus duplos foram incríveis em ajudar-me a chegar àquele lugar de fazer coisas que nunca fiz, e estar imersa num papel que nunca desempenhei – muito pesado em ação”.

Para a atriz, o movimento para esta personagem foi muito importante: “Comparo a Bronwyn à personagem Ruby em Cold Mountain interpretada por Renée Zellweger. Adoro aquele movimento que a Renée fez e escolhi pedaços da minha pesquisa que penso que ajudaram a Bronwyn a ser forte e resiliente”.

No entanto, o que realmente inspirou Nazanin foi o seu ativismo e as mulheres do Irão. “Há uma palavra que eles usam para as mulheres que estão na frente da luta pela democracia e liberdade na minha pátria, e é ‘sheerzan’. ‘Sheerzan’ significa, literalmente, ‘leoa’. Por isso, tento alcançar a minha leoa interior porque para mim a Bronwyn é uma leoa, ela encarna essa força que estou tão habituada a testemunhar no meu ativismo”, contou-nos.

O ativismo na vida da atriz

A atriz iraniana contou-nos a sua história: Quando era criança, Nazanin já sabia que queria ajudar as pessoas, e por mais cliché que isso soasse, era a única coisa que sabia que queria no seu futuro. Mais tarde, acabou mesmo por seguir o caminho da medicina, no entanto, quando chegou a parte prática da profissão, decidiu passar de um nível micro de ajuda individual para um nível macro dos direitos humanos globais. A atriz acredita que ambos estes aspetos existem na personagem Bronwyn – a cura do indivíduo e o ativismo de quer libertar o seu povo.

DR

“Não consigo dizer-vos como tem sido emocionante poder retratar uma personagem com que ressoo tão profundamente, que nada tem a ver com etnia ou religião, é apenas uma personagem, apenas uma mulher, uma mulher muito poderosa que tem todos estes traços”.

Sobre Bronwyn

“Bronwyn é uma humana das terras do Sul. Os seus antepassados escolheram o lado errado da história. Escolheram o mal em vez do bem e agora o povo está a pagar o preço da decisão que os seus antepassados tomaram. E, durante décadas – séculos, na verdade -, têm tentado provar que são de confiança. Foram forçados a reconstruir as suas vidas, as suas comunidades, mas são muito marginalizados e têm sido vigiados pelos elfos porque estes não acreditam que se possa confiar nestas pessoas. Bronwyn é também a curandeira da sua comunidade, como uma médica do seu tempo, e é também a mãe solteira de um filho adolescente rebelde”, descreveu-nos.

DR

O Senhor dos Anéis: Anéis do Poder tem estreia marcada para 2 de setembro de 2022, na Prime Video.

Brand Story