Menu
Inicio Nutrição O que são, como usar, em que pratos? Esclarecemos 10 especiarias

O que são, como usar, em que pratos? Esclarecemos 10 especiarias

Em que prato se usa lavanda? Quando é que o alho com casca é melhor que o descascado? Tire as dúvidas!

ervas aromáticas

“Ao contrário das flores, as ervas são um elemento decorativo permanente”, diz Michał Dewódzki, fundador do maior jardim de ervas da Polónia, o Herb Gardens, na Bielany, perto de Wrocław. É graças a este especialista que, agora, poderá aprofundar-se na arte das especiarias na cozinha. O resultado será um ‘eu’ mais saudável, bonito e feliz.

Neste artigo, selecionamos algumas ervas que fazem bem à saúde, aspeto cientificamente comprovado. Além disso, usufruem de um sabor e aroma surpreendentes que lhe farão questionar porque não as começou a usar mais cedo.

Manjerona

Promove a digestão e aumenta o metabolismo. Vai ajudá-la com problemas de estômago (dor abdominal, inchaço, diarreia). Para tal, prepare uma infusão de manjerona (1 colher de chá de ervas por cada chávena de água). Tal infusão ajuda também a combater as náuseas durante a gravidez. Além disso, combate o nariz entupido (se inalar o seu vapor).

Use-a em: Alimentos pesados ​​como o feijão, ervilhas, chucrute, cogumelos, carne de carneiro ou porco, na pizza, como substituto dos orégãos, em qualquer prato, para substituir o sal.

Tomilho

Esta erva tem também efeitos benéficos no sistema digestivo. “Aumenta o apetite e estimula o trabalho do intestino e do estômago”, enumera Michał Dewódzki. Além disso, são ótimos para tratar infecções na garganta e na boca, além de combater a tosse. A

Use-a em carnes, sopas, patés, queijo, alface, pizza, molhos quentes

Lavanda

“Plante no terraço e afugentará mosquitos e outros insetos”, aconselha o especialista. Adicione algumas flores de lavanda à banheira para um banho relaxante. Ideal para reduzir a dor depois de um treino intenso.

Use-a em: carne de carneiro ou de veado (em combinação com outras especiarias)

Coentro

Erva asiática que estimula a digestão e relaxa, ajudando no combate a dor de estômago, indigestão ou flatulência. Além disso, reduz os níveis de açúcar e a pressão sanguínea. Após uma noite agitada, a infusão de coentros acalma e ajuda a adormecer.

Use-a em: pratos asiáticos – especialmente vietnamitas e tailandeses – ou qualquer outro pratos, mesmo ovos mexidos, para um sabor oriental bem caraterístico.

Manjericão

Existem cerca de 150 variedades desta erva, mas diferem mais na aparência do que no sabor. Gosta de experimentar novos sabores? Tente limão ou canela com manjericão. Vale a pena comê-lo, pois contém, entre outros, vitamina K, C e A, além de ferro, fibra, potássio, magnésio e cálcio. Quanto a benefícios, melhora o humor e ajuda a ter melhor sono. Além disso, reduz a febre. Tal como a lavanda, afoguenta os mosquitos, por isso coloque esta erva à janela.

Use-a em: cozinha italiana, peixe, frutos do mar

Alecrim

Vários estudos científicos confirmam o seu efeito anticancerígeno. Além disso, reduz os níveis de açúcar e alivia dores de estômago. Protege-lhe contra a degeneração ocular e apoia o trabalho neurológico.

Use-a em: toda carne e peixe, sopa de vegetais

Estragão

Fortalece todo o corpo, tem efeitos anti-inflamatórios e anti-sépticos, alémd e melhorar a função digestiva.

Use-a em: arroz, peixe, como substituto do sal ou para enfatizar o sabor dos molhos

Verbena

Estudos demonstraram prioridades anticancerígenas. Além disso, acalma e possui propriedades antibacterianas, antifúngicas e antiespasmódicas. Vai ajudar a combater dor de cabeça. Não funcionará com vampiros, mas vai afastar insetos.

Use-a em: saladas ou sopas de peixe

Stevia

É um substituto saudável do açúcar. Não é tão calórico quanto o açúcar nem causa cáries. Mas não exagere: 1 colher de chá de stevia seca corresponde a uma dose de açúcar.

Use-a em tudo aquilo que quiser adoçar, embora não seja adequado no preparado de bolos.

Artigo via Women’s Health Polónia.

Brand Story