Menu
Inicio Beleza O que cada tipo de pele realmente precisa?

O que cada tipo de pele realmente precisa?

Conheça as necessidades!

O que cada tipo de pele realmente precisa?

Cada tipo de pele, a sua necessidade. Tal como oferecemos ao nosso cabelo os cuidados mais especializados, sejam para definir os caracóis ou combater a caspa e oleosidade, também a nossa pele merece mais atenção.

Sobre os tipos de pele, todas as dúvidas foram já tiradas aqui. Mas falta, agora, saber o que efetivamente cada tipologia necessita para se manter saudável e com boa aparência. Mais uma vez, contamos com a ajuda das dermatologistas Helena Toda Brito e Vera Torres.

PELE SECA

Segundo a dermatologista Vera Torres, “a água é o principal agente plasticizante da pele” e, por isso, “quando os níveis de água na pele são baixos, ocorre desconforto, sensação de pele ‘arrepanhada’ e até fissuras. O conteúdo de água no estrato córneo deve ser superior a 10%.”

Deste modo, completa Helena Toda Brito, deve-se privilegiar “emulsões água/óleo”, ou seja, “cremes hidratantes de textura rica, contendo ingredientes que protegem e hidratam a pele, como ácido hialurónico, ceramidas e óleos (azeite, jojoba, carité)”. A evitar: “água quente”, alerta Vera Torres.

PELE OLEOSA E ACNEICA

Os cremes hidratantes para pele oleosa devem conter “água e propilenoglicol, não sendo comedogénicos. Podem incluir talco, argila ou amido, que absorvem a gordura”, diz Vera Torres.

Já Helena Toda Brito acrescenta ainda a importância das formulações com ácido hialurónico, “evitando óleos, silicones e petrolatos”. Os “alfa e beta-hidroxiácidos e retinoides são úteis para acelerar a renovação celular”, destaca.

PELE SENSÍVEL

Quando se tem este tipo de pele deve “optar-se, sempre que possível, por produtos hipoalergénicos, especificamente formulados para pele intolerante e sensível. Importa evitar ingredientes como perfumes, álcool, retinoides, alfa e betahidroxiácidos, peróxido de benzoilo, sulfatos, conservantes e alguns filtros solares químicos. Procure hidratantes calmantes como aloe vera e niacinamida, e antioxidantes anti-inflamatórios como o chá branco”, alerta a dermatologista Helena Toda Brito.

 

PELE REATIVA

Este tipo de pele “não necessita de uma emulsão gorda, salvo casos especiais de pele reativa mais seca”, aconselha Vera Torres, destacando que “deve privilegiar-se as fórmulas com calmantes/anti irritantes, tais como os extratos de aveia, alfabisabolol e extratos de aloe vera”.

Já as peles reativas sujeitas a surtos de vermelhidão podem “também usar cremes que incorporem extratos de plantas. A uva-vermelha e castanha-da-índia são boas opções a estes casos. Além disso, também devem usar pós minerais que protegem”.

Brand Story