Menu
Inicio Sexo O que acontece lá em baixo quando atingimos o clímax?

O que acontece lá em baixo quando atingimos o clímax?

Quando algo sexy chama a atenção de um homem, o seu pénis reage, já o que se passa consigo durante o clímax é menos óbvio, mas igualmente estimulante…

Quando algo sexy chama a atenção de um homem, o seu pénis reage, já o que se passa consigo durante o clímax é menos óbvio, mas igualmente estimulante…

No momento em que o seu cérebro deteta erotismo os vasos sanguíneos expandem-se. Por conseguinte, mais sangue é direcionado para a zona pélvica. O aumento da circulação estimula as secreções vaginais, lubrificante natural à base de proteínas e aminoácidos. A vulva dilata e milhares de terminações nervosas incendeiam-se nas áreas mais sensíveis da vagina.

Os tecidos do clítoris incham e endurecem: é uma miniereção. Se está muito excitada, o clítoris pode triplicar de tamanho. E mesmo depois do coito, é preciso esperar algum tempo até voltar ao seu estado original.

O colo do útero amolece e se, durante o sexo, um pénis ou um brinquedo sexual a acaricia, no cérebro podem acender-se as mesmas áreas de prazer que se ativam durante os preliminares.

Em aproximadamente 10% das mulheres, as contrações do pavimento pélvico durante o orgasmo podem expulsar gotas de fluido transparente pela uretra. Não se preocupe: trata-se de uma ‘ejaculação feminina’. São açúcares e fosfatasa ácida prostática, um composto também presente no sémen.

 

+WH: Percorra as imagens acima e conheça as 9 melhores posições para um orgasmo garantido!

 

Leia também

https://www.womenshealth.pt/sexo/marta-crawford-brinquedos-sexuais-beneficios/

Brand Story