Menu
Inicio Nutrição Toda a verdade sobre a proteína whey

Toda a verdade sobre a proteína whey

Consumidoras de whey? Leiam isto!

Toda a verdade sobre a proteína whey

Vivemos numa era de mitos alimentares, de falsas teorias nutricionais, de enganadores especialistas não formados, de redes sociais que se assumem como bíblias inexatas da Nutrição. Vivemos numa era em que aquilo que colocamos no prato causa mais dúvidas do que os nutrientes que oferece. Mas serão os chamados ‘vilões atuais’, de facto, os maus da fita? A Women’s Health pediu ajuda a nutricionistas para desvendar a verdade absoluta.

Vejamos o que dizem sobre a proteína whey.

ANA ISABEL MONTEIRO – Nutricionista na Casa da Juventude de Famalicão e no Primefit Studio, também em Famalicão

“Depende muito! Acho que é uma opção prática para quem não consegue comer nada a seguir ao treino ou para quem não consegue atingir as suas necessidades proteicas diárias só através de alimentos. Acho que a maioria das pessoas não precisa e acaba por exagerar, quer na dose quer na proteína ingerida ao longo do dia”.

 

RITA ROLDÃO – Nutricionista em Consultório Particular Ericeira, e Box Cross Fit Ericeira

“A whey, ou proteína do soro do leite, contém cerca de 20% da proteína encontrada no leite de vaca. É utilizada por desportistas e outros indivíduos que pretendem aumentar a massa magra, reduzir a massa gorda e, muitas vezes, favorecer o processo de hipertrofia muscular. Dá sensação de saciedade e ajuda a repor as fibras musculares, mas, atenção, o suplemento pode sobrecarregar os rins e algumas marcas estão cheias de açúcar e acabam por engordar. Não se deve adquirir nenhum suplemento sem consultar o nutricionista ou sem orientação médica”.

TÂNIA TINOCO – Nutricionista na Clínica de Nutrição Tânia Tinoco

“A proteína whey, infelizmente, ainda é vista como um produto prejudicial, sendo confundida com anabolizantes. É uma ótima opção para complementar as refeições intermédias, para quem tem as necessidades proteicas aumentadas”.

Brand Story