Menu
Inicio Nutrição Nutricionistas revelam toda a verdade sobre o glúten

Nutricionistas revelam toda a verdade sobre o glúten

Juntamos o depoimento de quatro nutricionistas para colocar os pontos nos ‘is’.

Nutricionistas revelam toda a verdade sobre o glúten

Vivemos numa era de mitos alimentares, de falsas teorias nutricionais, de enganadores especialistas não formados, de redes sociais que se assumem como bíblias inexatas da Nutrição. Vivemos numa era em que aquilo que colocamos no prato causa mais dúvidas do que os nutrientes que oferece. Mas serão os chamados ‘vilões atuais’, de facto, os maus da fita? A Women’s Health pediu ajuda a nutricionistas para desvendar a verdade absoluta.

Comecemos pelo glúten.

ANA ISABEL MONTEIRO – Nutricionista na Casa da Juventude de Famalicão e no Primefit Studio, também em Famalicão

“Não é tão vilão quanto as pessoas pensam e só o deve retirar da alimentação quem tem intolerância ou alergia. Essa eliminação deve ser sempre acompanhada por um profissional para não ficarem vitaminas em défice, como o caso das do complexo B. No entanto, também não é para comer a todas as refeições”.

 

RITA ROLDÃO – Nutricionista em Consultório Particular Ericeira, e Box Cross Fit Ericeira

“Não é apenas uma moda e nem só os doentes celíacos devem retirar o glúten. Uma alteração da flora intestinal influencia uma alteração da resposta imune e alterações nutricionais, enzimáticas, bem como interfere na integridade da muscosa intestinal. A sensibilidade não celíaca ao glúten existe, no entanto, não se deve confundir a suposta intolerância ao glúten com intolerância aos frutanos, que podem produzir reações semelhantes”.

 

SANDRA RIBEIRO – Nutricionista no Hospital da Ordem da Trindade, no Porto

“A não ser que tenha efetivamente o disgnóstico de doença celíaca ou sensibilidade ao glúten não celíaca, afastar o glúten vai fazer com que fique mais limitada na sua diversidade alimentar. Esta situação conduz, muitas vezes, pela opção de alimentos sem glúten, mas com uma lista de ingredientes não tão interessante pela presença de aditivos alimentares, em muitos casos”.

 

TÂNIA TINOCO – Nutricionista na Clínica de Nutrição Tânia Tinoco

“É uma proteína encontrada em determinados cereais (trigo, centeio e cevada). O consumo desta proteína faz mal a quem tem intolerância, tal como os doentes celíacos, provocando dores de barriga, diarreia e inchaço abdominal. Quem não tem intolerância não tem o porquê de evitar o glúten”.

 

Leia também

Todos os erros que comete numa dieta isenta de glúten

Brand Story