Mamma mia! Afinal podemos comer massa sem engordar

Se foge a sete pés de refeições com massa por ter medo de ganhar uns quilos extra, então vai ler o artigo certo… E sim, prometemos boas notícias!

Diz um recente estudo da St. Michael’s Hospital que é possível incluir massa numa alimentação saudável sem colocar o peso em causa.

Não acredita? A razão é simples: Trata-se de um hidrato de carbono de baixo índex glicémico do alimento.

O que é que isso quer dizer? Ao comer este alimento – preferencialmente integral – os níveis de açúcar no sangue vão aumentar de forma gradual, dando energia e não picos de ‘gula’.

O segredo está em não excluir de todo a massa, mas ser o mais inteligente possível no seu consumo!

 

Afinal, a massa é nossa amiga!

A massa é uma das principais aliadas dos atletas de alta competição – basta pensar no célebre pequeno-almoço que os ciclistas da Volta a França normalmente comem e na quantidade de massa que Michael Phelps diz ter comido para recuperar dos Jogos Olímpicos.

Mas é também uma aliada de quem não pratica exercício físico, mas segue uma alimentação saudável.

Para prova-lo, o estudo passou a pente fino uma série de investigações anteriormente feitas sobre o consumo deste alimento. E a conclusão não poderia ser mais animadora: Este é possivelmente um dos macronutrientes mais benéficos para o controlo do peso.

Publicado na revista BMJ Open, o artigo defende que a massa não é de todo a culpada pelo potencial ganho de peso das pessoas. Mas quer este estudo dizer que podemos comer à-vontade (leia-se, em grandes quantidades)? Não!

Peso e medida devem ser sempre as palavras de ordem numa alimentação equilibrada e o consumo deve ser feito de forma moderada e variada com outros alimentos.

Além disso, a massa pode facilmente passar a ser um alimento a evitar quando o seu acompanhamento (como as natas) não é de todo saudável. Mas não só: a quantidade também deve ser tida em conta.

O estudo, por exemplo, defende o consumo de três porções por semana, podendo as restantes refeições contar com arroz, tubérculos e os mais variados vegetais.

 

Conselho WH: Inclua a massa três vezes por semana na alimentação e opte por acompanhá-la com uma proteína magra ou com um molho de vegetais caseiros (a junção de sementes de cânhamo ajudará a elevar o teor proteico).

E já agora, conheça os grandes benefícios dos cereais integrais!

 

+ WH: Clique nas imagens acima e conheça outros benefícios da massa.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Ads

ARTIGOS RELACIONADOS


OUTROS CONTEÚDOS GMG


Send this to friend