Menu
Inicio Nutrição É este o número de ovos que pode comer por semana

É este o número de ovos que pode comer por semana

ovos

O consumo de ovos tem tanto de banal como de alvo de dúvidas. Ao longo das últimas décadas foram muitos os estudos que alertaram para o risco cardiovascular que este alimento de origem animal provoca, contudo, sabe-se agora que os ovos não são vilões, mas sim aliados.

De acordo com uma recente investigação da Universidade de Sydney, na Austrália, os ovos não apresentam qualquer risco para o coração de pessoas com pré-diabetes e diabetes tipo 2. E nem mesmo quando comem até 12 por semana.

Para a investigação, os cientistas analisaram ao longo de três meses dois grupos de participantes: um que consumia uma média de 12 ovos por semana e outro que não passava das duas unidades semanais.

O coração de cada um dos participantes foi o centro das atenções e não se verificaram quaisquer alterações nos marcadores de risco cardiovascular independentemente da quantidade de ovos ingerida por semana.

Segundo os cientistas, o facto deste alimento ser detentor de gordura mono-insaturada – uma gordura boa presente também no abacate e no azeite – faz com que atue como protetor do coração e não como agressor.

No caso das pessoas com diabetes tipo 2 ou pré-diabetes, o estudo nota que o ovo não tem qualquer impacto nos níveis de colesterol, que tendem a ser mais elevados perante estas patologias. Além disso, o consumo de ovos não interferiu com a perda de peso, aliás, conseguiu mesmo dar continuidade ao emagrecimento.

Embora o estudo se tenha apenas centrado em pessoas com diabetes, a verdade é que no caso das pessoas sem diabetes, o consumo de ovos deve manter-se igualmente moderado. Perante a dúvida, o melhor é mesmo consultar um nutricionista.

O estudo foi publicado na revista científica American Journal of Clinical Nutrition.

 

Conselho WH: Leia a explicação que a nutricionista Lillian Barros deu sobre a importância de comer ovos na edição de primavera da Women’s Health.

 

Brand Story