Menu
Inicio Living “Não consigo concordar com este incentivo a emagrecer com chás”

“Não consigo concordar com este incentivo a emagrecer com chás”

A Women’s Health foi conhecer Mafalda Castro ao pormenor para perceber o sucesso desta influencer de 24 anos.

Do Instagram para os programas de televisão e do pequeno ecrã para a rádio. Mafalda Castro, com apenas 24 anos, foi apresentadora da última edição do ‘The Voice Portugal’, programa da RTP, de onde passou para os estúdios da Mega Hits, onde apresenta atualmente o programa das manhãs, Snooze, com Conguito e Maria Seixas.

Ainda que a própria admita que é cada vez mais reconhecida pelo seu trabalho na rádio e televisão, o seu papel enquanto influencer não é esquecido. Se foi no blog e redes sociais que o seu nome começou a ser ouvido, hoje Mafalda faz por manter as mesmas páginas ativas, ciente de que é ouvida por um vasto público que admira a sua opinião.

Mas o que é isto de ser influencer? A Women’s Health falou sobre o tema com a própria.

Em que te inspiras para cada publicação no Instagram?

Sinceramente inspiro-me no próprio instagram. Sigo imensas contas que adoro, que me inspiram e que me dão vontade de fazer melhor no meu próprio instagram. Também adoro inspirar-me no Pinterest, tenho imensos álbuns por lá.

Manténs um feed muito coeso e, acreditamos nós, cada publicação é pensada e preparada ao pormenor. Confirmas ou não tens muitas regras na hora de publicar?

Sim! Tenho muitas regras. Mas tento não ser escrava disso para não perder o conteúdo orgânico. A verdade é que as publicações mais pensadas são as que chegam menos às pessoas. Acho que quanto mais orgânico e natural, melhor.

Que dicas darias, em termos de fotos para esta rede social, para quem procure melhorar o seu feed?

Acho que o melhor é sermos nós próprios. Tentar criar o conteúdo mais pessoal possível. Em relação a dicas de fotografia é relativo mas acho que uma boa luz faz maravilhas. Boa luz, muita cor e um sorriso. Tá feito!

“Boa luz, muita cor e um sorriso. Tá feito!”
O boom do Instagram fez com que cada vez mais marcas tenham os olhos postos nesta rede e permitiu que hoje haja quem faça de projetos como blogs ou páginas de Instagram o seu trabalho. Qual o melhor e o pior lado desta realidade?

Verdade. O melhor lado é mais trabalho. Acho que quem se dedica ao Instagram profissionalmente quer sempre mais trabalho, coisas novas e diferentes para oferecer cada vez mais conteúdo diferente ao publico. O pior lado é a banalização. Nem toda a gente é influencer no verdadeiro sentido da palavra. Nem todas as publicações vão influenciar o publico e impactar.

Se permitiu que algumas personalidades se destacassem, a facilidade com que se cria uma página no Instagram pode também levar à ideia de ‘ser mais do mesmo’. Concordas? Como se destacar e ser autêntica neste meio?

Concordo claro. Destacar é cada vez mais difícil porque há muita oferta, muito conteúdo de qualidade a ser criado e acho que é cada vez mais difícil fazer coisas diferentes. Por um lado é isso que faz com que queiramos evoluir.

Além de ser mais do mesmo, outro problema mais grave tem a ver com a partilha de informação, nomeadamente sobre temas de saúde (dietas ou treinos), que são apresentadas como verdadeiras mas não têm sustento de nenhum especialista. Achas que é algo comum no caso português?

Acho mesmo muito comum. Acho que as ditas influencers se esquecem do impacto que podem ter nas pessoas. O incentivo a emagrecer com produtos ou chás é uma coisa com que não consigo concordar. Acho que quem quer emagrecer deve ir a um profissional e não basear as decisões numa opinião de uma pessoa que conhece online. Acho que pode ser perigoso e nada correto.

O teu caso foi, inegavelmente, um dos que se destacou no meio nacional. Sentes alguma responsabilidade neste sentido em relação ao que dizes e partilhas?

Obrigada!! Sinto claro. Sinto cada vez mais que posso usar a minha plataforma para tanta coisa positiva. Não sei se é da idade mas sinto que cada vez mais quero falar de temas que possam de facto influenciar para o positivo quem me segue e acho que é algo que vou querer fazer cada vez mais

Como achas que é vista a Mafalda Castro enquanto influencer?

Sinceramente não sei bem. Acho que hoje me destaco mais pelo meu trabalho na radio e televisão, mas acima de tudo quero ser uma pessoa genuína e passar essa imagem. Imagem de sinceridade.

Percorra as imagens da galeria para conhecer o estilo e dia-a-dia de Mafalda Castro. Ainda, veja na página 10 da edição de verão da Women’s Health o que a influencer leva no seu saco de ginásio.

Brand Story