Menu
Inicio Perder Peso Mudou (e perdeu 52kg) por querer ser um exemplo para os filhos

Mudou (e perdeu 52kg) por querer ser um exemplo para os filhos

Com 99kg, Filipa recusou-se a voltar a subir para uma balança ou a fazer algo para mudar. Uma gravidez de risco levou-a a cuidar de si.

Gravidez de risco, Filipa Alves

Filipa Alves tem 34 anos, 71kg, dois filhos e um estilo de vida saudável que a faz feliz. Palavras da própria. Mas o caminho até à mulher realizada que é hoje nem sempre foi fácil, pelo contrário, como partilhou com a Women’s Health.

O excesso de peso era uma guerra para esta nossa leitora desde que se lembra. Na escola, o peso a mais era motivo de gozo por parte dos colegas, de tal forma que chegou a desistir dos estudos por um ano. “Mas voltei às aulas e acabei os estudos”. Terminou os estudos com 99kg, número que a fez nunca mais querer voltar a subir para uma balança.

Estava a desistir de si

Filipa era capaz de passar um dia inteiro sem comer e, ao final do dia, comer tudo o que lhe aparecia à frente. “Era muito nova, ainda não sabia de nada”, justifica. Mas a idade por si só não chegou para a fazer mudar. Apesar das chamadas de atenção por quem lhe era próximo, Filipa via-se desistir de si. Os maus hábitos fizeram-na passar por uma gravidez de risco, após a qual tinha engordado 30kg o que influenciou o estado depressivo por que passou depois do filho nascer. O peso continuava a aumentar, Filipa sabia-o mas recusava-se a agir para alterar tal realidade.

“Engravidei novamente do que seria o meu segundo filho, mas sofri um aborto e culpei-me um pouco a mim própria por isso”, confessa. Naquele momento, “jurei que ia cuidar de mim”. Uma promessa a que se seguiu uma gravidez. Com o medo de perder o segundo filho, fez de tudo para ser mais consciente para com os seus hábitos. Uma mudança de postura que permitiu que a gravidez corresse bem até ao fim. “No final da gravidez, ganhei coragem e fui à balança. Pesava uns incríveis 123kg”, lembra. Foi ali que decidiu que tinha mesmo de perder peso.

A ajuda chega de várias formas

Com a consciência de que sozinha “fazia tudo mal”, procurou ajuda de personal trainer e nutricionista. Embora admita que aprendeu muito com ambos os profissionais, “não gostava de estar restrita ao que podia comer”.

O certo é que a disciplina tem de se conjugar com alguma motivação, e que se a mudança foi seguida por obrigação, não terá sucesso. Por isso é que Filipa Alves vê que o aspeto que a ajudou verdadeiramente. Onde aprendeu muito, foi nas redes sociais. “Em 2018 criei uma página no Instagram dedicada à minha perda de peso”, conta. Lá, conheceu várias pessoas que partilharam as suas histórias. Pessoas que “estavam sempre lá para me apoiarem quando em saia do meu caminho”.

Com tal apoio e as bases certas, foi com alguma surpresa que se apercebeu que já havia perdido quase todo o peso a que se tinha proposto perder.

Um novo dia

65kg. Este é o peso que Filipa Alves quer alcançar com toda a saúde e segurança. Além disso, ambiciona motivar toda a família a seguir o estilo de vida saudável por que se apaixonou. Nos planos está também uma operação de reconstrução para retirar as peles em excesso. Afinal, o amor-próprio, a confiança e a autoestima passam por cuidar de nós em várias frentes. E é com estas palavras que a nossa leitora, hoje, se define.

Não há dúvidas de que a força para aqui chegar veio toda de si e do seu amor pelos filhos. “Mudei por querer ver os meus filhos crescer. Quero que tenham orgulho em mim”, conta-nos. “Se for mudar, mude por si, nunca pelos outros. Amor-próprio acima de tudo!”, é o seu novo lema de vida.


Se também tem uma história de superação e gostava de partilhar o seu testemunho na Women’s Health, envie-nos um email para [email protected]

Brand Story