Crocodilo da Lacoste dá lugar a espécies ameaçadas

O icónico crocodilo que ‘ataca’ os polos da Lacoste dá agora lugar a animais de espécies ameaçadas.

A iniciativa da marca francesa pretende alertar para a precariedade da vida selvagem e, para tal, conta com a parceria da União Internacional para a Conservação da Natureza.

Na coleção Lacoste X SaveOurSpecies, de edição limitada, com cada polo a custar 150 euros.

O número de polos produzidos para cada série corresponde à quantidade remanescente da espécie na natureza.

“Ao comprar um destes polos está a contribuir para ajudar a IUCN e a Lacoste a lutar pela conservação da vida selvagem em todo o mundo”, diz a marca no seu site.

 

Os substitutos do crocodilo

O papagaio Kakapo é uma das espécies desta nova coleção, existindo apenas 157 polos com o animal bordado no lugar do crocodilo.

Porquê 157? Porque são exatamente os papagaios Kakapo que permanecem em estado selvagem.

Já o tigre da Sumatra dá vida a 350 polos, enquanto o rinoceronte-de-Java tem apenas disponíveis 67.

Com 450 unidades à venda, a Lacoste pretende ainda alertar para a situação em que a iguana de Anegada vive e para o facto de existirem apenas 231 condor-da-califórnia.

À venda no site estão ainda 30 polos com a vaquita, espécie quase inexistente nas água do norte do golfo da Califórnia.

A tartaruga de Myamar (40 polos), o Soala (250 polos), o Lémure-desportivo-do-norte (50 polos) e o gibão-negro-cristado-oriental (150) são os outros animais que figuram nesta campanha.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Ads

ARTIGOS RELACIONADOS


OUTROS CONTEÚDOS GMG


Send this to friend