Menu
Inicio Living Tem memória de peixe? Isto pode ajudar

Tem memória de peixe? Isto pode ajudar

Novas pesquisas sugerem que existe ainda mais um benefício de ter sexo regularmente. Caso ainda precise de mais uma desculpa para a satisfação sexual.

memória

O sexo pode ser uma boa forma de aliviar o stress do dia-a-dia, da rotina e do trabalho. Além disso, se não tem tempo de ir ao ginásio, esta é também uma forma eficaz de perder calorias e tonificar o corpo.

Que o sexo faz bem ao corpo e até ajuda a prevenir algumas doenças já é uma premissa estudada e comprovada. Ter relações sexuais durante o período menstrual pode mesmo ajudar a aliviar as dores de que as mulheres sofrem durante essa fase do mês.

No entanto, novas pesquisas sugerem que existe ainda mais um benefício de ter sexo regularmente. Desta vez falamos-lhe de benefícios para a memória e para o bom funcionamento do cérebro.

 

Combater a memória de peixe… com prazer!

Segundo Justin J Lehmiller, investigador na área do sexo, um estudo de 2010 aponta mesmo para a relação entre o crescimento de neurónios a prática de relações sexuais.

Neste estudo conduzido em ratos, os animais a quem foi permitido “ter sexo diariamente durante o período de duas semanas, demonstraram maior crescimento de neurónios do que os ratos que apenas podiam ter sexo uma vez por semana”. Além disso, pesquisas posteriores provam ainda que ter relações aumenta a função cognitiva do cérebro, tanto nos ratos como nos humanos.

 

A chave para uma memória imbatível

Um estudo de 2016 prova mesmo que manter uma vida sexual ativa e saudável promove o sentimento geral de bem-estar e também a saúde da função cognitiva do cérebro. Através de um exame computadorizado, um estudo de 2017 revelou que, de facto, existe uma relação entre a memória e a prática relações sexuais frequentes, mas os efeitos são apenas na memória relacionada com o hipocampo, uma parte do cérebro associada à lembrança de palavras.

Apesar de o sexo ajudar a manter a memória mais ativa, não evita a perda de memória. Isto, porque ainda que o sexo esteja “ligado a um melhor desempenho da memória, não significa que previna o declínio cognitivo” com o avançar da idade, explica Justin J Lehmiller.

 


Leia Também

https://www.womenshealth.pt/sexo/onde-conhecer-alma-gemea/

Brand Story