Menu
Inicio Uncategorized Melhoremos a nossa produtividade

Melhoremos a nossa produtividade

Se queremos que 2022 seja melhor que 2021, então devemos mudar os nossos hábitos de produtividade.

Mafalda Almeida

Entrámos em 2022, e acredito que muitas de nós tenhamos feito um balanço de 2021, bem
como estabelecido as intenções para 2022. Já agora aproveito para lhe fazer uma questão: quais as três principais aprendizagens que retira de 2021? A resposta a esta questão muitas vezes traz-nos desconforto, mas acima de tudo deverá trazer um sentimento de urgência e de responsabilização relativamente ao que podemos fazer de diferente em 2022.

Voltemos então ao tema desta crónica: a produtividade. Queremos fazer mais em menos tempo? Sim, queremos. E fazer isso tudo conseguindo transmitir energia positiva e profissionalismo? Sim, queremos muito. E 2022 será o ano em que isso tudo acontece!

Decidimos passar de seres procrastinadores para o ser mais produtivo de todos os tempos. Decidimos mudar de hábitos à velocidade da luz, acreditando com toda a fé que temos que vamos efetivamente conseguir. Ora, já sabemos que tal não é possível. Não podemos querer mudar tudo de uma vez, esperando ser super-mega-produtivas em todas as mudanças que quisermos estabelecer.

Vamos por passos. É aqui que quero chegar. Se queremos produzir mais, melhor, e em menos tempo, devemos desenvolver principalmente a nossa disciplina. É muito desafiante, lhe garanto. Principalmente naqueles dias em que esperamos com fé que a motivação para fazer algo nos caia do céu. A motivação e a disciplina são como músculos, que devem ser treinados caso queiramos que se tornem mais fortes e saudáveis.

Melhoramos a nossa produtividade quando fazemos uma e só uma coisa de cada vez. Esqueça a ideia do multitasking, porque este não existe quando se trata de tarefas (principalmente) intelectuais. Até podemos fazer muitas coisas ao mesmo tempo (tarefas operacionais, por exemplo, que não requeiram muito esforço mental), mas a verdade é que acabamos por demorar mais tempo, e no fundo não fazemos nada de jeito. Esta é, então, uma dica fundamental: se quer melhorar a sua produtividade, faça uma coisa de cada vez.

Outro simples passo que pode ajudar: respeite blocos de tempo específicos para cada ação. E, nesses blocos de tempo específicos, não se permita fazer mais nada sem ser a tarefa em questão. Não pare, não faça outras coisas, não consulte as redes sociais.

E, por último: os alertas digitais! Fuja deles, porque são os maiores vampiros da nossa produtividade. Alertas de emails no computador? Desligue-os. Separe um bloco de tempo específico para responder a emails! Alertas no telemóvel? Desligue também.

Volto ao início desta crónica: se queremos resultados diferentes, se queremos que 2022 seja melhor que 2021, então devemos mudar os nossos hábitos de produtividade. E essa mudança começa com pequenos passos.

Brand Story