Menu
Inicio Perder Peso Mais sabor e mais saudável: saiba tirar partido das especiarias

Mais sabor e mais saudável: saiba tirar partido das especiarias

Descubra o que falta no seu prato para dar a magia que procura no momento da refeição.

Ter prazer a comer e confecionar pratos saudáveis são universos compatíveis. O grande segredo encontra-se na utilização de ervas aromáticas e especiarias. Mais do que uma opção saudável de baixo valor energético para temperar os seus pratos, são um grande aliado quando procura um sabor inconfundível desde a primeira garfada. Estes pequenos ajudantes de cozinha não só acrescentam sabores diferentes, como intensificam a essência dos alimentos já presentes na receita.

Há outro motivo para utilizar as ervas aromáticas e as especiarias?

A riqueza de apostar na utilização das ervas e especiarias vai além do prazer emocional momentâneo. Quando decidimos inclui-las, acrescentamos também nutrientes, vitaminas e minerais.

Will Cole, especialista mundial em medicina funcional, relembra que inserir as propriedades anti-inflamatórias a esta lista de benefícios é prudente. No capítulo “caixa de ferramentas bio individuais” do seu livro “A solução para a inflamação” o autor insere a canela, curcuma, salsa e coentros, por exemplo, na caixa de ferramentas da glicemia/insulina, do sistema musculosquelético e da desintoxicação, respetivamente.

Saiba os benefícios que cada uma destas especiarias garante:

Canela – casca de árvore que contém proantocianidins, que alteram a atividade sinalizadora da insulina nas células adiposas de forma positiva. Reduz os níveis de glicemia e triglicéridos nas pessoas com diabetes tipo 2.

Curcuma: uma das mais potentes especiarias anti-inflamatórias por conter curcuminoides e outros compostos benéficos. (curcumina, por exemplo, pertence à categoria dos curcuminoides e uma das suas propriedades mais conhecidas é a antioxidante)

Salsa e coentros: Ajudam a eliminar metais pesados como chumbo e mercúrio.

Não sabe em que situação usar cada especiaria? Aqui tem umas dicas extra:

Apesar de não haver regras e a cozinha ser um espaço de invenção, pode dizer-se que há especiarias e ervas que combinam melhor para as carnes, outras para os peixes, arroz etc.

Dito isto, tenha atenção ao verso das embalagens das especiarias. Por norma, elas contêm algumas indicações para a ajudar na escolha de combinações.

A Women’s Health recolheu algumas dessas informações para a ajudar:

  • Alecrim: carnes assadas, incluindo carne vermelha, frango, porco e peixes.
  • Canela: doces, bolos e tortas, frutas assadas ou aquecidas no micro-ondas, como banana e maçã.
  • Cebolinho: omeletes, arroz e pratos à base de batata (batata assada, puré etc.)
  • Coentros: peixes, saladas e legumes grelhados. (assim como o alecrim, o coentro é famoso por seu sabor forte, devendo por isso ser utilizado com moderação.)
  • Cominhos carnes vermelhas e aves, sopas, molhos, feijão e legumes cozidos.
  • Manjericão: Muito utilizado em preparações à base de tomate, como molhos, sopas e saladas. Também pode ser adicionado a legumes assados. Combina com outros temperos como alho, azeite e limão.
  • Orégãos: carnes, refogados, massas e legumes assados, especialmente beringela, pimentão e batata.

O livro “A solução para a inflamação” é uma publicação da editora nascente e encontra-se à venda por 17,95€.

inflamação

Brand Story