Menu
Inicio Nutrição As leguminosas que não podem faltar na sua dieta

As leguminosas que não podem faltar na sua dieta

As leguminosas fazem parte da alimentação mediterrânea – e da tão saborosa (e nem sempre saudável) feijoada -, mas não recebem o protagonismo que lhes é devido.

De uma forma geral, devem representar cerca de 4% da nossa alimentação, ou seja entre 1 a 2 porções deste alimento por dia.

“As leguminosas são únicas e uma incrível fonte de proteína e fibra”, começa por explicar à Women’s Health britânica a nutricionista Helen Bond, que destaca ainda que este tipo de alimento é “rico em nutrientes e, normalmente, pobre em calorias e gordura, mas com um vasto leque de vitaminas, minerais e outros nutrientes por dose”.

 

Comer leguminosas pelo bem da nossa saúde

Os benefícios das leguminosas ficaram já mais do que comprovados com uma série de estudos científicos. E, sim, aqui inclui-se a perda de peso.

Uma investigação da Universidade de Copenhaga e divulgada no ano passado mostrou que o consumo de leguminosas está associado a uma redução de 12% das calorias na refeição seguinte.

Um outro estudo – publicado pela revista Journal of The American College of Nutrition – comprovou que as pessoas que comem leguminosas apresentam uma silhueta mais magra do que aquelas que não incluem esta proteína vegetal na alimentação.

Mas, o que é que faz com que as leguminosas sejam tão poderosas? A fibra, que “significa que são excelentes para a digestão”, explica a médica, acrescentando ainda que “alimentam as boas bactérias dos intestinos, o que, por si só, é bom para a saúde em geral”.

Contudo, nem tudo são rosas no mundo das leguminosas. Este alimento contém um anti-nutriente chamado lectina, por isso, deve-se demolhar sempre o tempo devido e cozinhar sem que seja usada a água em que esteve demolhado. (Saiba tudo aqui)

Clique nas imagens acima e fique a conhecer as leguminosas que deve mesmo comer mais vezes.

Brand Story