Menu
Inicio Running Jéssica Augusto, exemplo a seguir

Jéssica Augusto, exemplo a seguir

Fez terceiro lugar na Meia Maratona de Barcelona, em 2016, oito meses depois de ter sido mãe. É considerada uma das melhores atletas portuguesas nas modalidades de meio-fundo e meio-fundo longo.

A menina dos seus olhos

A minha prova favorita é a maratona!

O sítio ideal para treinar

Gosto muito de treinar nos percursos que existem na praia de Mira, onde preparei sempre uma parte de todas as minhas maratonas.

Na memória

Há vários momentos desportivos que guardo na memória, como o título de Campeã Europeia de Corta-Mato Júnior em 2000; o título de Campeã da Europa de Corta-Mato em Albufeira, 10 anos depois; a estreia na maratona, em Londres, em 2011; a primeira participação olímpica (Londres 2012), dedicada, em especial, ao meu pai; e a Maratona de Londres de 2014, onde consegui melhorar a minha marca pessoal para 2:24:25.

O início de tudo

Descobri a paixão pela corrida com o desporto escolar e decidi que queria ser atleta quando vi a Fernanda Ribeiro a conquistar a medalha de ouro (10.000 metros) nos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996. No ano seguinte, ganhei a minha primeira medalha de ouro, foi numa competição entre escolas, em pista coberta.

O grande sonho

Uma medalha olímpica. É um objetivo difícil, mas há que trabalhar e ter muita disciplina para alcançarmos os nossos sonhos.

Desafios ‘sobrehumanos’

Sem dúvida, os treinos de ritmos.

Fora da estrada

Quando não estou a correr, o que gosto mais de fazer é estar ao lado da minha fi lha, brincar com ela, passear, desfrutar ao máximo da maternidade.

Um prato irresistível

Adoro bacalhau com natas, é o meu prato de eleição. Adoro a combinação de sabores e a simplicidade do prato.

Classe indiscutível

Fernanda Ribeiro.

No topo

Admiro a Fernanda Ribeiro e o Rui Silva.

Segredos confessáveis

Gosto muito de tecnologia, sou viciada! Fascina-me este mundo, a evolução dos gadgets e tento estar sempre informada quando sai algo de novo.

Pontos a favor

Sou amiga dos meus amigos, determinada e corajosa.

Marcas a bater

Gostaria de ser a detentora da melhor marca feminina nacional na maratona.

Depois das corridas

Gosto de passear, de ler, de ir ao cinema, mas neste momento a minha principal atividade é estar com a minha filha.

O seu a quem de direito

Realço o Sporting. Formou muitos campeões e é a “faculdade do atletismo” em Portugal.

O boom do running

Encaro o fenómeno do running com grande satisfação. É muito bom ver cada vez mais pessoas a correr, independentemente da hora do dia. E o engraçado é que são pessoas de todas as idades, algumas correm sozinhas, e muitas em grupos. Acho que as pessoas ganharam uma maior consciência da importância da prática desportiva. É uma boa forma de aliviar o stress do dia-a-dia, é um bom momento para estar com os amigos, faz bem à saúde desde, claro, que não seja levado ao extremo. Pratiquem desporto com conta, peso e medida, como se costuma dizer.


Leia também:

Preparada, largada… corrida! Que tal uma maratona?

Brand Story