Menu
Inicio Beleza Ingredientes naturais para uma pele de sonho

Ingredientes naturais para uma pele de sonho

Ingredientes naturais para uma pele de sonho

Quando percebemos que as nossas ações têm um impacto direto na saúde do ambiente, o uso de cosméticos naturais e eco friendly parece crescer. Mas isso pode não ser tão positivo se à mistura houver falta de informação e até algum fundamentalismo. Se quer seguir a tendência do momento, fique a saber o impacto de alguns alimentos e plantas na pele — e como não tem de fugir a todos os nomes que não conhece.

A cosmética está em constante evolução. A ciência tem um papel determinante em cada formulação, mas é na natureza que está a base de quase tudo. Mel e óleo de coco são ingredientes que se assumem como protagonistas nos cuidados de pele — e isso acontece há centenas de anos. “Não existem riscos e o target são as peles mais secas, inflamadas, com feridas, fragilizadas, gretadas, envelhecidas”, diz-nos Paula Quirino, médica dermatologista na DentalDerme Essential Aesthetics, na Figueira da Foz. Mas se por um lado temos ingredientes naturais em cosméticos, temos também nomes que tentamos evitar (conservantes e não só).

Segundo a especialista, “um cosmético para se manter estável em contacto com o ar tem de ter conservantes”. Mas há exceções, como os “cosméticos que estão em embalagens airless ou unidose”, já “todos os outros precisam de ingredientes extra além do seu princípio ativo, para não se estragarem – não oxidarem nem se contaminarem com microorganismos, etc.”. Apesar de tentarmos escapar a tudo o que não seja natural, há que frisar que se a formulação possui determinados compostos é porque estes se encontram em quantidades seguras para a nossa saúde e bem-estar.

“Os conservantes e a percentagem que é permitida nas várias formulações é regulamentada”, explica, deixando claro que “esta questão não se prende com a sua origem natural ou outra. Os conservantes são imprescindíveis para manter a estabilidade dos produtos [cosméticos e de higiene]”.

Embora os ingredientes de origem natural sejam presença frequente nos cosméticos, e já vamos conhecer os benefícios de alguns, importa ter em atenção que a cosmética rotulada como natural nem sempre é sinónimo de segurança. “A questão é que os cosméticos vendidos na farmácia estão sujeitos a esta regulamentação. O mesmo não se passa com os produtos cosméticos que são vendidos nas lojas de produtos ditos naturais”, alerta a especialista.

 

Da natureza para a pele

 

Como já dissemos, a inclusão de ingredientes de origem natural na cosmética não é novidade e está longe de ser uma tendência passageira. Certos alimentos e plantas trazem benefícios à pele, com alguns a assumirem mesmo uma ação calmante. A Women’s Health destaca os seguintes e diz a verdade sobre cada um deles.

 

Mel

Com uma validade infinita e muitos benefícios associados ao seu consumo, o uso de mel na cosmética deve-se sobretudo à ação “cicatrizante” que tem, diz a dermatologista Paula Quirino. Além de acelerar a “cicatrização de feridas”, o mel tem um poder antioxidante e hidratante, sendo um aliado nos cuidados antienvelhecimento.

Máscara mel manuka, Antipodes, 34,90€. Com propriedades antibacterianas, o mel manuka oferece brilho e ainda uma ação hidratante à pele.

 

Chá verde

É dos meninos queridos da alimentação saudável (quando ingerido com moderação, convém dizer) e são muitos os benefícios associados a esta bebida produzida através da Camellia sinensis. Na cosmética, o uso de chá verde está associado à ação “antioxidante (instável), quando utilizado com outros princípios ativos como antienvelhecimento”. Porém, para Paula Quirino, “isoladamente [o chá verde] tem pouco interesse”. Poderá encontrar ainda versões à base de matcha, muito comum na K-Beauty e nos cosméticos regeneradores.

Esfoliante de corpo, Teaology, 41,80€. Esfoliar a pele uma vez por semana ajuda a uma limpeza mais eficaz e a uma melhor absorção dos cosméticos. Se a isso juntar extrato de chá verde e folhas de Camellia Sinensis, conseguirá um efeito nutritivo, suavizante e desintoxicante.

 

Manteiga de carité

Quantos cremes com manteiga de carité já usou? Vários, é certo. Este é dos ingredientes mais usados em formulações para corpo por ter uma “ação hidratante e lubrificante com propriedades humectantes”.

Manteiga corporal, Truly, 20€. Com rosa, manteiga de carité e cacau, esta manteiga corporal usa o trio de ingredientes para reduzir a aparência de vermelhidão e irritação. Além disso, hidrata e dá um boost de luminosidade à pele.

 

Soja

Comum na cosmética asiática e ainda de presença tímida no Ocidente, o uso de soja em formulações tem suscitado a curiosidade de muitas marcas. Porquê? Porque parece ser o ingrediente ideal para travar os sinais de envelhecimento, por possuir “propriedades hidratantes e antioxidantes, reduzindo a degradação do colagénio”.

Gel de limpeza para rosto e olhos, Fresh, 40,50€. Limpar, nutrir, hidratar e promover uma maior elasticidade da pele. Estes são os muitos benefícios da inclusão de soja na cosmética. Este gel é ainda um potente desmaquilhante sem desequilibrar o pH da pele.

 

Óleo de coco

Seja no uso direto na pele — uma tendência para amantes de mezinhas caseiras — ou na inclusão em formulações cosméticas, estamos mais do que habituadas à presença do óleo de coco na nossa rotina de beleza. A ação hidratante é a principal característica, mas Paula Quirino deixa o alerta: “Precisa de estabilizador para não oxidar e ficar rançoso”. Deve ser evitado por quem tem pele com acne (especialmente se for feita uma aplicação direta do óleo no rosto).

Máscara de óleo de coco, Foreo, 19,99€. Pensada para pele seca e desidratada, mas apta para todos os tipos de pele, esta máscara hidratante à base de coco (óleo e água) restaura e hidrata a pele.

Aveia

A ganhar terreno nas escolhas alimentares diárias, há muito que a aveia passou do pequeno-almoço para o boião de creme. Boa para peles secas e sensíveis, este cereal destaca-se pela “ação hidratante e calmante da inflamação”. Várias marcas já apostaram na aveia.

Loção hidratante Skin Relief, Aveeno, 19,90€. A hidratação cutânea deve ser um cuidado diário ao longo de todo o ano. Quem tem a pele seca e baça sabe bem o quão importante é nutri-la. E é aqui que entra a aveia. Este creme possui um complexo triplo de aveia prebiótica, ideal para melhorar o equilíbrio natural do microbioma da pele.

 

Aloe vera

O início dos anos 2000 foram dos principais momentos de glória da aloe vera, que apesar de não ser uma novidade começou a ganhar um protagonismo tremendo nas rotinas de beleza um pouco por todo o mundo, especialmente sob a forma de gel. Dos vários benefícios que oferece, Paula Quirino destaca a sua “ação anti-inflamatória, calmante e cicatrizante”, mas, tal como acontece com qualquer outro ingrediente usado na cosmética, a sua eficácia depende sempre “da concentração e da formulação (gel, creme, leite…)”.

Creme de rosto com aloe vera bio, Dr. Organic, 11,99€. Além de hidratante, oferece proteção e cuidado da pele durante todo o dia.

Brand Story