Menu
Inicio Saúde Infarmed suspende venda de preservativos Durex

Infarmed suspende venda de preservativos Durex

Durex
Créditos: Durex

A Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde – Infarmed, ordenou a suspensão da venda dos preservativos Durex Real Feel (12 unidades) e Durex sem látex (12 unidades).

Em causa está o risco de rutura dos preservativos da fabricante Reckitt Benckiser. “Esta recolha deve-se ao facto de estes preservativos não cumprirem os requisitos de pressão de rutura nos testes de durabilidade de produto. O número do lote encontra-se indicado na parte inferior da embalagem bem como no invólucro de cada preservativo”, lê-se na diretiva publicada pelo organismo no seu site.

Diz ainda o Infarmed que “apenas os preservativos de lotes afetados podem apresentar um aumento do risco de rutura durante a sua aplicação ou uso, devendo sempre ser seguida a informação constante na rotulagem do produto”.

 

Créditos: Durex
Créditos: Durex

No caso de rutura ou anomalia no preservativo, o Infarmed aconselha a consulta a um médico ou farmacêutico “no máximo nas 72h seguintes”.

De acordo com a informação disponibilizada pela própria Durex na sua página online, os lotes afetados são os seguintes:
  • Lotes Durex Real Feel 12 unidades afetados: 1000433146 (Validade: 01-2021)

    1000431672 (Validade: 01-2021)

    1000461535 (Validade: 02-2021)

    1000416204 (Validade: 12-2020)

    1000444370 (Validade: 02-2021)

    1000382341 (Validade: 12-2020)

    1000444367 (Validade: 02-2021)

  • Lotes Durex Sem Látex 12 unidades afetados: 1000483802 (Validade: 03-2021)

Os consumidores que tenham embalagens dos lotes acima mencionados devem fazer a entrega das mesmas junto do local onde foram comprados, numa farmácia ou diretamente ao fabricante.

Leia também

https://www.womenshealth.pt/beleza/infarmed-retira-do-mercado-mascara-rosto/

Brand Story