Menu
Inicio Beleza Desafie a gravidade e trave os sinais de envelhecimento

Desafie a gravidade e trave os sinais de envelhecimento

Lute contra os sinais do tempo!

Desafie a gravidade e trave os sinais de envelhecimento

Lutar com esta força é uma batalha perdida, mas podemos combater uma das suas consequências mais temidas: a flacidez cutânea. Já se sabe que tudo o que sobe… desce! E nada mais ilustrativo deste aforismo popular que o premiado vídeo Gravity, de Michael Haussman.

Entre no Youtube e observe a primeira sequência: uma mulher nua a saltar num trampolim. Curiosamente, o que capta a atenção não é o seu corpo a descoberto, mas a expressão facial que muda graças ao efeito que produz sobre ela a lei da gravidade. A câmara mostra como um rosto aparentemente jovem, com as linhas atenuadas e o queixo levantado se transforma, à medida que vai descendo, num rosto com bochechas fundas, rugas e falta de firmeza. E assim é, à medida que vamos envelhecendo: a pele e as suas estruturas subjacentes vão-se desintegrando como resultado da perda de elasticidade e de gravidade.

De acordo com o dr. Luís Uva, dermatologista da clínica Icare e clínica d’ Avenue, em Lisboa, “podemos distinguir o envelhecimento cronológico ou intrínseco – influenciado por fatores cronológicos, fototipo de pele, funcionamento endócrino, genética, fatores imunológicos e vasculares, do envelhecimento ambiental ou extrínseco – associado a fatores como a exposição solar, tabaco, stress, poluição, condições climáticas, hábitos alimentares e de sono, alterações emocionais e uso incorreto de cosméticos e medicamentos que conduzem a um agravamento acentuado do envelhecimento biológico”. O envelhecimento facial reflete o passar dos anos ao nível da pele, tecidos moles e componentes estruturais profundas da face.

“A transformação destas estruturas, que sustentam e mantêm a tridimensionalidade da face, faz com que o rosto adquira novas formas. Enquanto na idade jovem, o desenho do rosto se assemelha a um triângulo invertido (com a ponta para baixo), com o passar dos anos e a sucessiva perda de volume, ele passa a ter um desenho diferente, com o triângulo na posição normal (ponta para cima). A principal área de gordura perdida com a idade localiza-se inferiormente à região ocular (bochecha), o que conduz a uma acentuação das olheiras. Outras áreas que sofrem esta transformação são as regiões anteriores às orelhas e a região inferior da face, as quais também irão influenciar nesta perda da definição do contorno facial”, refere o especialista.

 

Máxima tensão

A pele conta com a aliança de duas proteínas vitais: o colagénio (que proporciona firmeza) e a elastina (uma fibra que alonga e contrai quando os músculos se movem e que confere elasticidade).

“A partir dos 20 anos a produção de colagénio pelos fibroblastos diminui cerca de 1% por ano. No entanto, é a partir dos 30 anos que começam a instalar-se os primeiros sinais de envelhecimento, sobretudo devido a uma queda gradual do metabolismo basal, com acumulação de gordura na camada subcutânea e perda Máxima tensão da ação muscular, começando nesta década a instalar-se a flacidez. Posteriormente, e por diminuição quer da atividade mitótica quer da produção de sebo, decorrente da queda das hormonas andrógenas, próximo da menopausa, a pele torna-se mais fina e seca, ficando mais suscetível ao aparecimento das rugas”, refere o dr. Luís Uva.

Se para além disso fuma e abusa da exposição solar, pior. Nestes casos, o nível de distensão dos tecidos aumenta porque está limitada a afluência do oxigénio à pele até 30%, o que provoca uma rutura do colagénio e um mau funcionamento da elastina. Resultado? Surgem as rugas (principalmente ao redor da boca) e o aspeto cansado. Está comprovado que o estilo de vida influencia a perda de firmeza, ainda que também haja um fator determinante: a genética.

A perda de firmeza explica-se por uma atrofia da gordura na cara, perda do tónus muscular e de fibroses. E isto ocorre porque as fáscias, que são estruturas de tecido fibroso que envolvem os compartimentos do rosto, cedem e os ligamentos que unem todas estas estruturas relaxam e a pele envelhece. É um processo complexo, mas há tratamentos que ajudam a revertê-lo como a técnica de lifting muscular, por exemplo.

 

Diga adeus ao efeito ioiô

Se precisa de motivos extra para se pôr em forma, aqui tem mais um! Se quer que o seu rosto não aparente mais idade do que a que realmente tem, lembre-se que as flutuações de peso podem fragilizar as fibras de elastina (lá estão as malditas estrias para o comprovar). Por isso, duvide das dietas que fazem perder peso com demasiada rapidez. E tenha em atenção esses pequenos-almoços onde não falta o bacon.

Ingerir demasiada gordura animal pode aumentar os radicais livres, provocando morte celular prematura e pele flácida. A dieta mediterrânea, rica em verduras, frutas, legumes e azeite, com poucos fritos e carnes vermelhas, tem, entre os seus efeitos benéficos, a capacidade de gerar telómeros celulares mais longos. Isto é, células geneticamente mais jovens, o que se traduz numa pele menos envelhecida, mais luminosa e com menos flacidez.

Uma boa prática cosmética é incluir na sua rotina beauty um tratamento com ácido hialurónico, um componente que se encontra de maneira natural no nosso organismo e que ajuda a manter a suavidade e elasticidade da pele. É capaz de absorver 1.000 vezes o seu próprio peso em água. Daí ser essencial para que a pele ganhe firmeza e luminosidade.

 

Gordura da boa

Os efeitos da gravidade aparecem quando se entra nos 40. E isto tem uma explicação: em cada lado do rosto há umas bolsitas de gordura que, com o passar dos anos, não só atrofiam, como também diminuem o seu volume.

De acordo com Luís Uva, “a gordura da face está dividida em diferentes compartimentos independentes, limitados por distintas unidades anatómicas, com vascularização própria e distribuídos num plano superficial e num plano mais profundo. Estes compartimentos proporcionam volume e forma ao rosto. Alterações relacionadas com a diminuição do volume, atrofia e migração para regiões inferiores da face desses compartimentos de gordura e provavelmente constituem os principais fatores das mudanças estruturais da face pertinentes ao processo do envelhecimento”.

Por isso, o tratamento cirúrgico de rejuvenescimento, para além de repor as estruturas do rosto, também preenche os compartimentos de gordura extraídos de outra parte do corpo. Só para que fi que registado: se lhe apareceu uma linha vertical entre as sobrancelhas, não pense que é só uma ruga, indica também o desaparecimento de um compartimento de gordura nessa zona. Remédio? Procure cosméticos e tratamentos com ácido hialurónico, vitamina A e retinol.

 

Alimente o seu rosto

… com uma alimentação saudável e modere o consumo de açúcar, porque para além de contribuir para o desenvolvimento de diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares, envelhece ativamente, porque provoca a glicosilação, um processo que acelera a degradação da elastina e do colagénio.

O centro médico da Universidade de Leiden (Países Baixos) realizou uma investigação com 600 pessoas – de idades compreendidas entre os 50 e 70 anos – que demonstrou que as pessoas que tinham níveis mais elevados de açúcar no sangue eram percebidas como as de maior idade que as que tinham um nível mais baixo. “É a primeira vez que se estabelece uma relação entre os níveis de açúcar no sangue e o envelhecimento facial, explica o médico David Gunn, um dos autores do estudo.

Outro relatório médico, publicado no British Journal of Dermatology, refere que os efeitos de envelhecimento provocados pelo açúcar começam a notar-se por volta dos 35 anos. Se já restringe o consumo de doces, tenha também presente que muitos alimentos têm este hidrato de carbono oculto, como os condimentos e molhos. O vinagre balsâmico, por exemplo, tem quase 50% na sua composição. E muitos cereais, sumos de frutas e iogurtes têm uma quantidade excessiva.

O nosso conselho: Evite os produtos cujo rótulo revele o açúcar como um dos três primeiros ingredientes e o seu rosto vai agradecer-lhe. Se quer uma dica para alimentar o seu rosto e mantê-lo firme, invista em cosméticos com base peptídica, uma molécula que ajuda a gerar novo colagénio. O ideal é que escolha um produto que possa aplicar à noite para atuar durante mais tempo.

 

+WH: Quer combater o envelhecimento de forma ainda mais eficaz e sem qualquer trabalho cirúrgico invasivo? Percorra as imagens e conheça os melhores procedimentos em clínica.

 

Leia também

https://www.womenshealth.pt/beleza/encontre-perfume-ideal-assim/

Outros Artigos


Outros Conteúdos GMG

Brand Story