Menu
Inicio Saúde Frequência sexual associada à idade da menopausa

Frequência sexual associada à idade da menopausa

A ideia de que a vida sexual termina quando a mulher entra na menopausa já ficou há muito para trás. Mas e se lhe disséssemos que uma vida sexual ativa pode atrasar a entrada na menopausa?

Para as leitoras que seguem com frequência os conteúdos da Women’s Health, a ideia de que a vida sexual termina quando a mulher entra na menopausa já ficou há muito para trás. De facto, e como pode ler neste artigo, a menopausa significa apenas a reinvenção da forma como a mulher vive. Se quiser até pode encará-la como um renascer.

E é justamente como um reforço desta ideia que surge um novo estudo, desta vez, publicado pela University College London. Os investigadores chegaram primeiro à conclusão de que são as mulheres casadas quem entra na menopausa mais tarde, em comparação com as solteiras. Ainda que a justificação para esse facto ainda não seja clara, o facto de as mulheres casadas terem níveis de frequência sexual mais elevados pode ajudar. Isto, porque os investigadores trabalharam sobre a hipótese de que existe uma troca entre a ovulação contínua e a menopausa. Se a mulher for sexualmente inativa, a gravidez é um cenário fora do baralho, pelo que o investimento do organismo numa possível ovulação tende a diminuir, o que levará à menopausa.

De entre as 2936 mulheres que participaram neste estudo, as que reportaram ter relações sexuais, pelo menos, uma vez por semana, mostraram ter uma probabilidade mais reduzida (na ordem dos 28%) de entrarem na menopausa, em comparação com as mulheres que apenas tinham relações sexuais uma vez por mês ou menos.

Então, é possível entender que uma maior frequência de relações sexuais está associada a uma entrada tardia na menopausa. Note, no entanto, que existem vários fatores que podem influenciar diretamente as alterações hormonais no corpo e, por isso, mudar a idade e os sintomas. É fundamental que se aconselhe com o seu médico ginecologista, pelo menos, uma vez por ano e que faça os exames recomendados.

 

Brand Story