Menu
Inicio Sexo “Fiz sexo duas vezes por dia durante uma semana – eis o...

“Fiz sexo duas vezes por dia durante uma semana – eis o que aconteceu”

Conheça este testemunho.

Como uma mãe de três filhos divorciada de 43 anos, estou finalmente num ponto da minha vida em que realmente gosto de sexo, mesmo que nem sempre tenha muito tempo para isso. Quando um amigo me desafiou a tentar fazer sexo duas vezes por dia durante uma semana, fiquei intrigada. A única outra vez na minha vida que me lembro de fazer sexo mais de uma vez por dia foi quando estava a tentar engravidar – e o sexo era apenas um meio para atingir um fim.

O meu namorado, Mario, e eu, geralmente, fazemos sexo três ou quatro vezes por semana, por isso este desafio seria um aumento significativo. Decidi não lhe contar sobre o desafio e simplesmente comecei a agir assim. Foi isto que aconteceu:

Segunda-feira

Os meus filhos estavam com o meu ex, e o Mario tinha passado a noite ali. Decidi surpreendê-lo no chuveiro, ajudando-o a ensaboar-se. Nunca tínhamos feito isto antes, mas sempre quisemos tentar. Mesmo sendo um pouco escorregadio e difícil de manobrar – parece tão fácil nos filmes! – foi uma ótima maneira de começar o dia.

Mais tarde naquela noite, o Mario e eu fomos ver uma peça. O teatro estava muito escuro, então, durante o segundo ato, escapámo-nos para a casa de banho e demos uma rapidinha. Esta foi outra novidade para mim – bastante assustadora. Eu segui o exemplo do Mario, e rezei para não sermos apanhados. Terminámos rapidamente e voltámos aos nossos lugares sem sermos vistos.

Terça-feira

Acordei sozinha e, para ser sincera, depois das atividades do dia anterior, não estava a pensar muito em sexo. Tentei masturbar-me, mas estava muito dorida.

O Mario apareceu com o jantar naquela noite e vimos um filme. Brincámos no sofá e isso nos levou a fazer sexo no meu quarto. Usámos muito lubrificante e, felizmente, isso significava que não havia dor pelo uso excessivo.

Quarta-feira

Decidi acordar o Mario com sexo oral – não é exatamente algo que eu normalmente faça, mas estava a gostar desse meu recém-descoberto lado espontâneo.

Com o Mario a ir para uma viagem de trabalho e os meus filhos a voltar para casa, não tinha a certeza de como faria outra sessão de sexo no meu dia. Mas então lembrei-me que ainda poderíamos estar juntos – obrigada, FaceTime. Acho que o Mario ficou um pouco surpreendido por eu estar a incentivá-lo a termos sexo outra vez, mas ele alinhou.

Mais tarde, porém, naquela noite, comecei a preocupar-me com a possibilidade de estar a perder a oportunidade se ser ele a incentivar-me. A última coisa que eu queria fazer era fazer com que ele sentisse que não podia perseguir-me pois eu sabia, como a maioria dos homens com quem estive, que o Mario adora ser aquele que inicia as coisas.

Quinta-feira

Quando as crianças estavam na escola, tive uma pequena sessão de amor-próprio com o meu vibrador. Quase não aproveitei o suficiente até ao orgasmo. Tive de admitir que fazer mais sexo estava a fazer com que quisesse mais sexo – estava ansiosa para ver o Mario novamente.

Tentei liga-lhe para mais sexo por telefone naquela noite, mas ele estava num jantar e não atendeu. Pensei em tentar masturbar-me de novo, mas estava muito cansada. Tentar fazer sexo duas vezes por dia não era fácil, especialmente com o meu parceiro longe.

Sexta-feira

O Mario surpreendeu-me ao aparecer no meu escritório direto do voo. Ele disse que a nossa “conferência telefónica” especial o fez pensar em mim e que precisava de me ver imediatamente. Eu tranquei a porta do meu escritório e deixei-me curvar sobre a minha mesa. Como o meu escritório fica no final do corredor, e a maioria das pessoas saiu para almoçar, não havia um grande risco de alguém nos apanhar.

Naquela noite, mandei uma mensagem ao Mario a dizer que queria que ele me viesse ver e ele perguntou o que se passava. Acabei por lhe contar sobre o desafio sexual, e ele achou engraçado. Ele disse-me que isso explicava porque tinha sido mais brincalhona recentemente.

O Mario é muito tranquilo e ficou com vontade de fazer o mesmo desafio. Fizemos um sexo muito tranquilo que não terminou em orgasmo para mim, o que não é típico. Acho que a combinação dos meus filhos estarem em casa e eu tão exausta apenas tornava isso impossível.

Sábado

Acho que, embora estivéssemos ambos muito cansados, o Mario queria fazer a sua parte para me ajudar a terminar a semana com força, então voltámos a fazer Facetime no início da manhã. Já fizemos sexo no FaceTime algumas vezes antes do desafio e, inicialmente, foi um pouco estranho, mas agora temos uma rotina que funciona para nós.

Naquela noite, parei na casa do Mario para a segunda ronda, mas as coisas não foram boas. Tentámos fazer sexo, mas mesmo com muito lubrificante, foi doloroso para mim – e pela primeira vez em cinco meses que estávamos juntos, o Mario estava a ter problemas para permanecer forte.

Domingo

Sentindo-me na obrigação de terminar a semana, comecei o dia com o meu confiável vibrador. Foi fácil, mas decididamente menos divertido do que o normal; o sexo estava a começar a parecer uma obrigação, em vez de algo que eu fazia por prazer.

Mais tarde, naquele dia, de volta à minha casa, o Mario e eu estávamos por conta própria. Concordámos que, embora gostemos muito de sexo, é bom ter um pouco de tempo para sentir saudades um do outro. Demos permissão um ao outro para não fazer sexo naquela noite. Mas assim que apaguei as luzes e nos aconchegámos com um cobertor, ele começou a beijar o meu pescoço e, antes que percebêssemos, as roupas estavam a sair.

Acho que no geral sexo duas vezes por dia é demais para mim. E quando se trata de sexo, a única coisa que o Mario e eu descobrimos é que sentimos falta da expectativa, que às vezes pode ser mais divertido do que o ato em si.

Brand Story