Menu
Inicio Perder Peso Filipa perdeu 45kg: “A minha forma de pensar e viver mudou totalmente”

Filipa perdeu 45kg: “A minha forma de pensar e viver mudou totalmente”

Aos 28 anos, tinha 1,61m e pesava 110kg. Mas a obesidade apenas lhe fez lutar pela mudança quando um aperto no coração a obrigou a mudar de atitude.

Filipa Martins

Desde que se lembra, Filipa Martins nunca gostou de ser fotografada. Não se sentia bem ao ver a imagem de si própria, fruto de um estilo de vida sedentário e com muita ‘junk food’ e refrigerantes à mistura, como nos diz a própria. Contudo, esta era a sua realidade que aceitava sem questionar. Nunca pensou sequer que poderia sofrer de obesidade.

A tomada de consciência sobre o seu estado de saúde mudou há quase dois anos, quando sentiu um aperto no coração durante o sono. “Acordei, mas deixei-me ficar quieta e passou. Passadas duas noites, voltei a sentir aquele aperto. Nesse mesmo dia 22 de março de 2019, decidiu lutar pela mudança. “Pela minha vida, pela minha saúde, e por mim própria, decidi agarrar a vida”. conta-nos.

“Voltei a sentir aquele aperto e, nesse mesmo dia 22 de março de 2019, decidi mudar”

A mudança começou com uma ida ao médico, para perceber a razão daqueles apertos no coração: “era excesso de gordura à volta dos órgãos”, lembra. Apenas nesta consulta Filipa constatou um facto que lhe estava a comprometer a vida: com apenas 1,61m de altura, estava a pesar 110kg: “Foi uma dura constatação que tinha vindo a ignorar”, confessa.

Filipa não perdeu tempo e agarrou-se aos meios que tinha para aprender mais, por si, sobre alimentação saudável e exercício físico. Com melhores hábitos na cozinha, a devida ingestão de água e uma estreia no mundo da atividade física (inicialmente com caminhadas, salto à corda e bicicleta estática) fizeram a nossa entrevistada deixar para trás 45kg.

Os novos hábitos

Na procura por um novo estímulo de treinos, inscreveu-se no ginásio, mas após um mês percebeu que o treino no ginásio não era a melhor opção ao seu caso, tendo em conta a conciliação com o seu dia de trabalho. Mas desengane-se quem achar que Filipa usou isto como desculpa. Voltou aos treinos em casa com ainda mais vontade, onde pratica bicicleta e corrida. “Agora, o meu objetivo é tonificar, pois devido a todos estes quilos perdidos, o meu corpo ficou algo flácido”, consta, certa de que tem tudo para lá chegar.

Quanto a alimentação, o truque é simples: “como saudável: carnes brancas, peixe, legumes, saladas… e elaboro as refeições de forma a estarem o mais apetitoso e saboroso possível. Assim, nunca enjoo destes pratos”.

A nova Filipa

Com a descoberta da empatia que casos como o são dão origem nas redes sociais, Filipa propôs se ao objetivo de inspirar. Para tal, aprontou-se a ajudar outras mulheres que estejam a passar por uma jornada semelhante à sua. “Eu fi-lo sozinha, mas com ajuda é muito mais fácil”, reconhece, orgulhosa de quem é hoje. “A minha forma de pensar e viver mudou totalmente, o meu corpo também. Mas a maior diferença é a minha cara, não pareço eu. Agora, ao fim de 45kg perdidos, estou a aprender a gostar da minha imagem”, admite. “Antes nunca deixava tirarem fotografias de corpo inteiro pois tinha vergonha do meu corpo. Hoje em dia não me privo de tirar fotografias de corpo inteiro, Até tiro muitas, pois sinto me orgulhosa da minha caminhada ao longo desde meses.

Leitoras Fit à Pressão:

  • Lema de vida: Motive-se hoje para que algum dia seja a inspiração de alguém!
  • Snack favorito: Panquecas de aveia com fruta e canela
  • Música de eleição para treinar: Soraia Ramos x Calema- O nosso amor
  • Peça de roupa de que hoje não se priva: Vestidos.
  • Parte do corpo em que nota mais mudanças: Barriga e rosto
  • Treino favorito: Bicicleta Estática
  • O que deixava de fazer devido à sua imagem e agora não se priva: Não deixava que me fotografassem. Hoje sinto-me orgulhosa de todas as minhas fotografias

Brand Story