Menu
Inicio Moda Este Natal, aposte no comércio nacional. Temos 10 sugestões

Este Natal, aposte no comércio nacional. Temos 10 sugestões

O Natal de 2020 vai ser diferente, mas não deixará de ser celebrado. Na hora de escolher os presentes, faça escolhas mais conscientes e apoie os locais.

Durante o confinamento, nasceram vários pequenos negócios, de quem se viu sem emprego ou apenas com mais tempo livre para se dedicar àquele projeto que tanto planeou interiormente e a que finalmente deu vida.

Muitos destes negócios podem vir a ser boas sugestões para presentear alguém neste natal. Em alternativa, há projetos nacionais – uns maiores, outros mais pequenos – que inevitavelmente se ressentiram durante a pandemia. Mas não fecharam portas, e contam com a ajuda dos locais para sobreviver até ao próximo ano. O natal é a altura perfeita para isso, e certamente já viu este apelo nas redes sociais, por parte daqueles que têm esperança na época que se avizinha.

Neste sentido, as sugestões de Natal deste ano da Women’s Health focam-se nesta mesma ideia. Produtos de projetos nacionais que merecem todo o mérito (e vão certamente surpreender os seus amigos ou familiares a presentear).

Brincos rest studs, Wonther, 35€

A Wonther é uma marca de joalharia portuguesa de produção ética e sustentável que passa uma mensagem em cada peça que cria, sejam brincos, anéis, colares ou pulseiras. Este natal pode pedir para gravar qualquer peça sem qualquer custo acrescido.

De realçar o lado mais ético da wonther que este natal une-se a outras marcas – também nacionais e criadas por mulheres – para a campanha #WontherWomen Sparkle Christmas. Ao comprar numa das marcas aderentes, os clietes recebem automaticamente descontos para usufruir noutros negócios da mesma campanha.

Brincos concha, Oursins, 40€

Outra marca portuguesa de joalharia é a de Ângela Lima. As peças mais delicadas, em prateado ou dourado, podem ser encontrados em alguns pontos de venda, como na loja da marca Mahrla, embora no site encontre tudo o que possa querer.

Sky Dress, Mahrla, 95€

E por falar em Mahrla, que conta com uma coleção em parceria coom a Oursins, não fossem as responsáveis pelas marcas grandes amigas, sugerimos o vestido da nova coleção, disponível em preto, rosa e amêndoa.

Sílvia Pereira é a cara por detrás do projeto (e da campanha para a nova coleção). Abriu recentemente a sua loja, em Gaia, após ter aberto a primeira na baixa de Lisboa.

Fato de treino, iUKIYO, 125€

A palavra que dá nome a esta marca nacional significa ‘viver o presente, desligando dos problemas da vida’, algo que carateriza este projeto que nasceu durante o confinamento pelas mãos de Mariana Machado e Mariana Castro Moreira. A primeira coleção contra com 4 calças e 4 blusões (que pode adquirir juntos ou em separado), feitos em algodão orgânico. E se não sabe que cor escolher para oferecer, pode optar pelo Gift Card de 69,90€.

Macrame, Tex MB, 65€

Das técnicas de nós que aprendeu a fazer na Vela, Marta Barros criou a sua marca de artigos de decoração. Lá, cada peça é desenvolvida com a técnica de macramé. Esta é uma das peças mais pequenas à venda no seu site, com 52cm de altura. Mas encontra por lá muitas outras.

Cerâmica de Natal, Quintal de Flores, 21€

A produção é manual e as flores vêm incluídas no conjunto. Das peças mais discretas às mais coloridas, há para todos os estilos e diversas divisões da casa.

Pulseira, Your Lovely Breeze 16,90€

É em Alvalade, Lisboa, que encontra a pequena loja de Andreia Moutinho, mas as vendas da sua bijutaria já aconteciam – e ainda acontecem – online. Esta pulseira, como a maioria dos produtos da marca, é feita em aço inoxidável

Vestido Casilda, Sienna, 120€

Azul céu ou verde-esmeralda? As peças da portuguesa Sienna têm como principal objetivo defender a ética da produção de roupa consciente. Assim é a marca: portuguesa, com peças limitadas e de baixa produção.

Pratos em cortiça, Corkunits, 45€

Um conjunto de 3 pratos que podem ser utilizados como conjunto ou individualmente, como base para quentes ou centro decorativo, por exemplo. São um dos muitos produtos em cortiça que a portuguesa Corknits cria. O intuito? Complementar as decorações mais modernas e minimalistas.

Vestido Camisa Bambu, Lus, 126€

A marca de roupa Lus nasceu nos açores, com o propósito de ser mais uma opção ética e sustentável nos armários das mais minimalistas, que não resistem a uma peça bem delicada e romântica. Este vestido é 100% em seda e os botões de bambu.

Brand Story