Menu
Inicio Nutrição Como escolher o melhor iogurte de supermercado

Como escolher o melhor iogurte de supermercado

Sabe escolher os melhores produtos a bom preço? Saber ler os rótulos é uma informação crucial para, também nas grandes superfícies, tomar melhores decisões

Alimentação saudável, equilibrada, variada, mas também a bom preço. Vários são os pontos a atentar por quem procura seguir a melhor rotina de alimentação.

Para tal, ter do seu lado a informação que lhe permite fazer as melhores escolhas é essencial. Ao início pode parecer muito, mas não tarda todo este bê-á-bá ser-lhe-á tão óbvio quanto outros aspetos do quotidiano.

Para já, foquemo-nos nos iogurtes. Boa opção de snack, fácil de encontrar em qualquer supermercado, possível de agradar a vários gostos e nada car.

Contudo, várias são as opções pouco favoráveis à sua alimentação, principalmente pela quantidade de açúcar com que vários iogurtes contam. Para saber como evitar estes ‘enganosos’ produtos, a Women’s Health falou com a nutricionista Filipa Teixeira Morgado. Foi ela quem apontou os aspetos a considerar no momento em que passa pelo corredor dos frescos.

Saber ler cada rótulo

Na leitura do rótulo, explica, um dos primeiros aspetos a atentar é a quantidade de açúcar e gordura com que cada iogurte conta. “Aconselha-se para isso, e enquanto não tiver prática, um descodificador de rótulos”, sugere a nutricionista.

A Direção Geral de Saúde sugere o quadro para consulta disponível no blog Nutrimento.

“Ao escolhermos um iogurte do tipo 0%/0%, iremos garantir a escolha mais equilibrada, independentemente deste ser líquido ou sólido, natural, de aromas ou com pedaços, sendo possível fazermos lanches mais saudáveis”, acrescenta.

Em segundo lugar, refere Filipa Teixeira Morgado, “importa fazer uma referência à lactose presente nos iogurtes”. A lactose é um açúcar naturalmente presente no leite e que se encontra em quantidades muito menor nos iogurte. É por isso “que pessoas com intolerâncias ligeiras à lactose podem, depois de testar a sua tolerância, consumir iogurtes ditos ‘normais’. Por outro lado, quem sofre de intolerâncias graves à lactose aconselham-se os iogurtes 0% lactose ou os de origem vegetal”, conclui.

Ainda, para uma leitura completa do rótulo há outros parâmetros a considerar além da informação nutricional propriamente dita. Sobre este ponto, a especialista refere-se ao tipo de iogurte.

Percorra as imagens da fotogaleria e conheça os vários iogurtes a que se refere a nutricionista e o que caracteriza cada um deles.

Brand Story