Menu
Inicio Beleza Encontre o seu perfume ideal assim

Encontre o seu perfume ideal assim

Quando vai a uma loja, não pode deixar-se levar pelo amor à primeira vista. Pelo contrário, deve olhar as fragrâncias como se de seres vivos se tratasse, aconselham os especialistas.

Mesmo que o frasco grite por todos os cantos que quer ir viver para sua casa e que determinada campanha publicitária a tenha convencido de que se comprar o tal perfume vai-se tornar na mulher mais feliz e sedutora do mundo, a verdade é que a escolha de um bom perfume depende de outros fatores.

Emilio Valeros, prestigioso perfumista de Perfumes Loewe explica que “devemos conhecer bem um perfume para escolhê-lo ou não. Quando vai a uma loja, não pode deixar-se levar pelo amor à primeira vista“. E acrescenta: “Conhecê-lo a fundo, comer com ele, deitar-se com ele e despertar com ele. Só assim saberá se fez ou não uma boa escolha”. Mas e na prática? Como se escolhe um bom perfume? Quantos se podem experimentar ao mesmo tempo? Devemos experimentá-lo sempre na pele ou numa tira de papel? É melhor experimentar um perfume de manhã ou de tarde?

Muitas são as questões que se colocam antes de sequer por um pé na perfumaria. E é por isso que lhe ajudamos a orientar para o…

Encontro perfeito

Já deve ter lido alguma vez que é melhor não comprar um perfume quando acaba de acordar, porque tem o olfato um pouco adormecido. Mas os especialistas não são a favor dessa teoria. Para eles, o momento não é determinante para uma boa escolha. O principal é ter uma atitude de disponibilidade e não vir já perfumada. Se quer acertar no perfume certo, tome nota dos passos que deve seguir.

  1. Conhecer de que família olfativa gosta.
  2. Experimentar o perfume numa tira de papel. Não experimente mais de quatro fragrâncias. De seguida, experimente na pele apenas os perfumes de que mais gostou.
  3. Esperar. Dependendo do tipo de fragrância, há que deixar passar algum tempo para ver a sua evolução.

Se nos guiássemos pelas notas de saída, compraríamos todos os perfumes do mercado, já que esses acordes são propositadamente cativantes para que fiquemos logo rendidas perante elas. Tal como um bom vinho, a fragrância vai-se revelando. Só assim será possível apreciar as diferentes notas da sua pirâmide olfativa. Nos primeiros instantes, as de saída, ao fim de cinco ou 10 minutos as de coração e por último as de fundo, que podem tardar uns 20 minutos ou várias horas.

E se o perfume for para oferecer?

Ao contrário do que acontece com os livros, que são presentes que nunca ofendem, oferecer um perfume num aniversário ou data assinalável pode ser um grande triunfo ou então um grande desastre. A pessoa que faz esse obséquio vai demonstrar-lhe se a conhece realmente bem ou não. A premissa é: não improvise nem procure surpreender. Se souber os gostos da homenageada (cítricos, doces, amadeirados…) será mais fácil. O que à partida parece bastante óbvio, na verdade serve como ponto de partida. Ajuda muito conhecer o nome de algum perfume que a tal pessoa já tenha usado e goste realmente. Se não sabe recorra à personalidade e ao estilo de vida. Vale a pena o esforço, porque se é um presente vai querer que a pessoa goste e use, ou não?

Perfume, extrato, água-de-colónia…?

Explicados os cheiros, resta saber quando usar cada tipo. Perfume, extrato, água-de-colónia ou fragrância para o cabelo variam relativamente à concentração de álcool.

O extrato e a eau de parfum são noturnos, porque representam a apoteose das notas olfativas. O eau de toilette é diurno e está pensado para acompanhar as atividades quotidianas.

A par destas, há mais opções que pode preferir. Saiba quais ao percorrer as imagens acima apresentadas.


Leia também:

https://www.womenshealth.pt/beleza/a-forma-mais-simples-e-barata-de-limpar-os-pinceis-de-maquilhagem/

Brand Story