Menu
Inicio Uncategorized Encolha a barriga, estique o peito… erga a cabeça e sorria

Encolha a barriga, estique o peito… erga a cabeça e sorria

Mais do que a postura física, a atitude deve vir de dentro de nós.

Mafalda Almeida
Encolha a barriga, estique o peito... erga a cabeça e sorria

Sim, mais do que a postura corporal, a saúde deve partir de dentro. Arrisco-me a dizer que a ‘saúde pode ser uma questão maioritariamente de atitude’. Não quero levar este artigo de opinião ao extremo, porque existem casos graves de ausência de saúde. No entanto, gostava de salientar também que mesmo esses casos aumentam as suas probabilidades de sucesso quando a cura vem de dentro, e parte da mente de quem está doente.

Erguer a cabeça ajuda a aumentar a nossa autoconfiança, para além de nos fazer ganhar uns centímetros ‘extra’, que são nossos e sempre foram, mas que por vezes ficam esquecidos num quotidiano enfraquecedor de qualquer atitude otimista e confiante.

Sorrir alimenta a alma, torna-nos mais bonitas, atrai coisas boas, e ajuda a ver a vida de uma forma mais positiva. Aumenta a nossa autoconfiança, bem como a nossa autoestima. Sorrir abre portas e atrai pessoas bem-dispostas. Sorrir pode significar uma admissão num novo emprego, se estamos a concorrer em igualdade com uma pessoa mais sisuda, por exemplo.

Mais do que a postura física, a atitude deve vir de dentro de nós. Ser uma pessoa atraente (e até carismática e influente!) vai muito mais além de um corpinho bem feito, de uma barriga encolhida e de um peito saliente.

Assumir as nossas diferenças e transformá-las em dádivas pode revelar-se uma tarefa desafiante, mas muito gratificante. Ao reconhecermos o que nos diferencia, estamos a assumir que somos importantes, que podemos marcar a diferença na nossa vida e na vida das pessoas que se cruzam connosco. E se isto tudo for realizado com um enorme e genuíno sorriso no rosto, o impacto vai ser enorme! Já experimentou?

Deixo-lhe algumas dicas simples, que pode e deve utilizar nos momentos mais desafiantes, e assim melhorar a sua atitude, postura, e acima de tudo a sua energia.

  1. Tenha sempre na ponta da língua a sua frase S.O.S (‘mantra, de salvação’ como lhe gosto de chamar). Se ainda não tem, identifique, crie a sua frase simples, positiva, fortalecedora. E tenha-a sempre “à mão”. Diga-a em voz alta com energia.
  2. Esteja atenta ao seu diálogo interno. Quando se sentir triste e não perceber porquê, é porque muito provavelmente desenvolveu um diálogo interno que não foi de todo favorável e positivo. Quando assim for, repita para si o seu ‘mantra de salvação’, a sua frase S.O.S que a vai retirar do seu estado mais negativo. Vai verificar que se vai começar a sentir melhor. O nosso cérebro apenas cumpre ordens.
  3. Sorria. Faz milagres. A postura física vai acompanhar o seu sorriso.
  4. Confie no futuro, e acredite que o melhor está para vir.

 

Encolha a barriga, estique o peito, erga a cabeça, sorria, e acima de tudo confie em si. Seja feliz!

 

A especialista:

Mafalda Almeida, Executive & Life Coach, formadora, palestrante, mentora, e autora do livro Veja em si a Melhor Mulher do Mundo.

Mafalda Almeida, Life Coach

Saiba mais em: https://www.mafaldaalmeida.com/

Brand Story