Menu
Inicio Perder Peso “Ou emagreço, ou saio desta pandemia com o dobro do peso”

“Ou emagreço, ou saio desta pandemia com o dobro do peso”

Este foi o ultimato que Stefani Generoso fez a si mesmo quando decidiu que não podia voltar a desistir dos compromissos a que se propunha, com foco na sua saúde.

emagrecer

Com o excesso de peso a acompanhá-la durante a adolescência, Stefani Generoso tentou por várias vezes perder peso. Mas desistia sempre de levar o compromisso até ao fim, e as consequências do seu físico acumularam demasiado. Ao ponto em que a nossa entrevistada não aguentar mais sentir que não fazia parte daquele corpo.

Dos comentários depreciativos ao sentimento de que nada lhe favorecia chegou ao seu limite. Sentia-se limitada por ter de usar sempre as mesmas roupas quando saia com as amigas, por exemplo. “Eu não queria mais isso para a minha vida. Então decidi mudar, por mim. Assim, tirei o proveito de calar a boca a muitos que diziam que eu nunca iria conseguir”, conta à WH.

Os necessários cálculos

Sem ajuda profissional, sabia que para emagrecer precisava de ter défice calórico. Para organizar a alimentação neste sentido, instalou uma app que calculava o peso e calorias dos alimentos. Uma ajuda que a orientava sobre aquilo que deveria comer conforme o seu peso e outras caraterísticas. “Comprei uma balança de comida e usava-a todos os dias. Além disso, bebia muita água, o que é de extrema importância”.

A nível de exercício físico, treinava 4 vezes por semana, fosse salto à corta ou vídeos de treino que encontrava no YouTube, principalmente HIITs. Toda esta mudança aconteceu durante a quarentena. Como trabalha como empregada de tempo, teve a possibilidade de se dedicar a tal mudança. E a escolha entre duas opções só podia ser uma: “ou emagreço ou saio desta pandemia com o dobro do peso”, pensou na altura.

Eu mereço mais!

Atualmente, já não evita partilhar fotos de corpo inteiro como outrora. Tem uma autoestima que até então não conhecia. Hoje, já não se contenta com tão pouco. “Eu mereço mais”, garante orgulhosa de nunca ter desistido do seu processo.

“Houve lágrimas suor e vontade de desistir, mas fui mais forte e lutei até ao fim”, conta à WH com a motivação certa. Basta-lhe olhar para as fotos antigas e saber que não quer voltar a ser aquela pessoa. “Hoje sou mais feliz, posso dizer que venci!”.


Se também tem uma história de superação e gostava de partilhar o seu testemunho na Women’s Health, envie-nos um email para [email protected]

Brand Story